Querida Jane Austen – uma homenagem (lançamento)

Fui convidada por algumas amigas Moira, Vânia e Katherine a fazer um prefácio do livro Querida Jane Austen – uma homenagem! O livro está em pré-venda (veja detalhes abaixo).

18921770_656940557826962_8496165011967041098_n

No Bicentenário de falecimento da grande escritora inglesa Jane Austen, o selo Leque Rosa não poderia ficar de fora dessa homenagem. À escritora que não teve medo de criticar a sociedade de seu tempo; À filha e irmã que sempre esteve ao lado de quem tanto amou; À mulher que acreditava no amor e, por isso, não se submeteu a um casamento por conveniência; À criadora de personagens masculinos que até hoje povoam o imaginário feminino; À pessoa que buscou a felicidade e acabou por trazê-la, com suas histórias, à vida de outras pessoas. Um livro de contos, de época e contemporâneos, inspirados nas histórias e personagens dessa talentosa escritora. Um livro para deixá-lo metade agonia, metade esperança e enfeitiçá-lo de corpo e alma… Uma Homenagem.

homenagem.jpg

Detalhes:

  • Editora: Bezz; Edição: 1ª (17 de julho de 2017)
  • Idioma: Português
  • ISBN-10: 8568695701
  • ISBN-13: 978-8568695708
  • Peso do produto: 599 g

Está em pré-venda:

Na loja da Editora Bezz

Na Amazon

Projeto que une povos: Jane Austen Quilt

Olá queridos leitores!

Ainda como parte das comemorações referentes ao bicentenário da morte de Austen, foi lançado um projeto internacional para construção de uma manta, inspirada na colcha de retalhos feita por Jane, sua mãe e sua irmã.

quilt_Austen

Durante todo este projeto especial, uma gama diversificada de grupos comunitários irão trabalhar na produção da colcha. Cada retalho da manta será concebido individualmente e criado por representantes de mais de quarenta grupos comunitários em todo o mundo, incluindo associações na América do Norte, Austrália e Brasil, bem como perto da casa (múseu) da romancista inglesa, na vila de Chawton Cottage, em Hampshire. Cada bloco vai explorar um tema diferente, que, quando combinados, formam um mosaico de histórias que narram a vida de Jane Austen.

Jane Austen Quilt

Vejam mais sobre este maravilhoso projeto no website:

Jane Austen Quilt

Jane Austen’s House Museum

Sob o sol de Austen

Olá leitores!

Mais um evento foi agendado para celebrar o legado de Austen!

As nossas amigas jainetes espanholas irão celebrar o Bicentenário do Falecimento de Jane Austen no próximo dia 22 de julho em Benalmádena (Espanha), e estão preparando com capricho uma série de atividades, tais como palestras, painéis de discussão, projeção de filmes e até um piquenique! 🙂

Particularmente, já considerei o título do evento inspirador e muy convidativo: Sob o sol de Austen.

Bajo el sol de Austen

Quem estiver passeando ou morando em Benalmádena, vale a pena conferir esta super programação!

Abraços!

Marcelle

Dúvidas referentes ao VI Encontro Nacional da JASBRA

Prezados,

A Flávia Lima, que faz parte da comissão de organização do VI Encontro Nacional da JASBRA, organizou um informativo para esclarecer algumas dúvidas a respeito do evento. Para maiores detalhes sobre inscrições de trabalhos e como ouvintes, clique aqui.

comunicado

ATENÇÃO!

O VI Encontro Nacional da JASBRA está cada dia mais próximo. Nesse encontro, esperamos discutir sobre o Legado de Jane Austen. As inscrições estão abertas. Só para reforçar alguns detalhes:

  • O evento será sediado em Belo Horizonte, no Memorial Minas Vale, Circuito Liberdade, entre os dias 02 e 04 de Junho de 2017.
  • O cronograma com a distribuição de horários das palestras e das comunicações será divulgado até maio.
  • As pessoas podem fazer inscrição para ouvinte e apresentação de trabalho.
  • É imprescindível a inscrição para a garantia da vaga no evento.
  • Após o período final das inscrições os candidatos receberão um e-mail de confirmação e aceite de sua respectiva inscrição.
  • As despesas referentes à passagem, hospedagem e alimentação são de responsabilidade do participante.
  • Como sugestão de hospedagem vocês encontrarão algumas opções no https://www.slideshare.net/aszardini/hoteis-encontro-200-anos-da-morte-de-jane-austen .
  • As inscrições são gratuitas e podem ser efetuados por meio do link https://janeaustenbrasil.com.br/vi-encontro-da-jasbra/.

 

 

Bancos em homenagem à Jane Austen

Que tal percorrer a cidade de Basingstoke (Inglaterra) em busca de bancos em homenagem à Jane Austen? A proposta do projeto “Sitting with Jane” à população mais de 25 bancos (modelados como se fossem livros abertos) – cada banco será exclusivo: projetado e pintado por um artista com sua interpretação do universo Jane Austen. Será lançado um guia até o meio do ano, gratuito para download, para que as pessoas possam visitar os bancos e apreciar a homeangem à nossa querida Austen!

Vejam abaixo alguns patrocinadores e um modelo de banco:

banco.jpg
Projeto Sitting with Jane (créditos: www.basingstokeobserver.co.uk)

O vídeo abaixo explica melhor o projeto, para assistir clique aqui.

Um projeto parecido com o da Inglaterra foi realizado na cidade mineira de Itabira, onde é possível visitar os caminhos Drummondianos (cidade natal do poeta Carlos Drummond de Andrade).

dsc03404
Adriana Sales e uma das estátuas de Drummond em Itabira – 2013 (acervo pessoal)

Para conhecer melhor os Caminhos Drummondianos, clique aqui ou na imagem abaixo:

DSC03419.JPG

 

Programação Oficial do V Encontro Nacional da JASBRA (com horários)

Prezados leitores,

amanhã terá início o V Encontro Nacional da Jane Austen Sociedade do Brasil, na cidade de Ouro Preto. Confira abaixo a nossa programação e agora com os horários para cada período entre os dias 16 a 18 de dezembro! Sejam todos bem vindos!

Bicentenario Emma programacao 1.jpg

Programaçao jasbra 2016 ouro preto from Adriana Zardini

V Encontro Nacional da JASBRA – Você vai perder?

encontro-nacional-jasbra-2016

Prezados leitores,

faltam poucos dias para o V Encontro Nacional da Jane Austen Sociedade do Brasil e ainda dá tempo dos interessados em participar fazer a inscrição para o evento, que é gratuito.

As inscrições podem ser feitas aqui.

Se desejarem verificar a programação do evento, aqui está a Programação do V Encontro Nacional da JASBRA.

Programação do V Encontro Nacional da JASBRA

programacao-jasbra

Prezados leitores,

é com imenso prazer que divulgo a programação do V Encontro Nacional da Jane Austen Sociedade do Brasil, que acontecerá entre os dias 16 a 18 de dezembro de 2016, na cidade de Ouro Preto, Minas Gerais.

Vejam como muitos pesquisadores bacanas irão nos presentear com suas pesquisas! Logo mais divulgarei Já está disponível aqui o link para inscrição de ouvintes! Fiquem atentos! Confiram no pdf abaixo:

Bicentenário de Emma

banner-bicentenario-emma

A Jane Austen Sociedade do Brasil irá celebrar o Bicentenário de publicação de Emma! Com o tema:

“É uma felicidade quando boas pessoas se reúnem!”(Emma)

“It’s such a happiness when good people get together.”(Emma)

desejamos nos encontrar e reencontrar com os amantes de Austen!

Nosso V Encontro Nacional será realizado em Ouro Preto, Minas Gerais, nos dias 16 a 18 de dezembro de 2016. Para quem não conhece a nossa história, Ouro Preto foi sede do I Encontro Nacional da Jasbra em 2009!

Como faz muito tempo desde o último encontro nacional em 2013, estamos muito felizes e ansiosos par anos reunirmos e discutirmos Emma!

As apresentações de trabalhos receberão inscrições até o dia 20 de novembro. Todos que tiverem interesse em fazer apresentações ou participarem de debates poderão fazer as inscrições aqui. Quem desejar apenas participar como ouvinte, posteriormente faremos a divulgação das inscrições.

Além das sessões de apresentações de trabalhos, grupos de discussão, este ano teremos algumas oficinas que serão posteriormente divulgadas aqui no blog. Para  moça e rapazes curiosos nossas oficinas ensinarão bordado, ponto cruz, confecção de de bolsinhas estilo regência (reticules), jogos etc… Posteriormente faremos a divulgação.

 Eu gostaria de agradecer ao artista Drew Grahan pela delicadeza de sua criatividade e permissão de uso da imagem. Thank you Drew Grahan for such delicate and criativity, and also for giving me permission to use your art!

Gazeta de Longbourn Apresenta: Mansfield Park

Deixe que outras penas se ocupem com culpa e miséria.

Esse ano comemoramos o bicentenário de publicação de mais uma obra da tia Jane e claro que eu não poderia deixar de falar sobre o assunto. Mansfield Park não é meu livro favorito dos romances de Austen, mas depois de muitas leituras e releituras e debates, acho que hoje consigo entender melhor e gostar mais de Fanny Price.

Mansfield Park é talvez o mais próximo de um conto de fadas que Austen chegou: Fanny Price é acolhida pelos tios ricos, ainda criança, para tirar um pouco do peso dos pais pobres. Levada para a majestosa Mansfield, é criada lado a lado com os primos, embora sempre lembrada de que não faz parte originalmente daquele mundo.

Há uma tia fazendo as vezes de madrasta má, duas primas para serem as meio-irmãs da Cinderela e até um príncipe encantado (que pode ou não vir acompanhado do cavalo branco). As semelhanças, contudo, terminam por aí.

Fanny não é exatamente uma princesa levada pelas correntes, completamente desarmada e pronta para ser levada no cavalo branco. Ela tem uma saúde delicada e é um tanto indefesa frente a Mrs. Norris (que é sem dúvida a mais detestável de todas as personagens criadas pelo gênio austeniano) – mas ainda assim, Fanny não é boba, nem se deixa convencer daquilo que acredita não ser certo. Ela é constante, nunca desvia de seus princípios, não importa o tipo de pressão que receba. Em termos de caráter, comparado com todos os outros personagens da história, ela é certamente admirável.

Mas essa força é também sua principal fraqueza – ao menos a meu ver. Tenho às vezes a impressão de que Austen a fez perfeita demais e que no alto de sua fortitude moral, Fanny está sempre julgando e desdenhando as escolhas dos outros. Para ser bastante sincera, só consigo simpatizar com Fanny a partir do momento em que a vemos ao lado do irmão, William, porque só então ela parece descer de seu pedestal de retitude.

Demorei um tanto mais a gostar de Edmund, que faz as vezes de mocinho. Há dois motivos para isso: primeiro, Edmund, como primo de Fanny e tendo crescido ao lado dela, enxerga-a inicialmente como uma irmã e sua mudança de sentimentos me soa um tanto brusca; segundo porque em comparação com o arrojado e charmoso Henry Crawford, Edmund não é exatamente material para príncipe encantado.

Mas aí está a grande sacada de Austen, que é a forma como ela brinca com as nossas expectativas. Mansfield Park tem toda a estrutura do conto de fadas, mas a resolução da história está longe de seguir o padrão. Fanny escolhe não o final de princesa ambiguamente ‘felizes para sempre’ (e príncipes de contos de fadas me dão arrepios de desgosto e desconfiança), mas sim a vida real, o companheirismo, o conforto daquilo que já lhe é familiar.

Partindo dessa premissa, na minha quarta ou quinta releitura do livro (perdi a conta a essas alturas), sou capaz de simpatizar bem mais com Fanny do que quando tive meu primeiro contato com ela. Ainda não é meu título favorito dos romances de Austen, mas aprendi a gostar dele.