Projeto Colcha de Retalhos Jane Austen

Projeto Colcha de Retalhos 01

Ao longo de 2017, como parte das celebrações do museu, pelo Bicentenário do Legado de Jane Austen, houve uma grande atividade entre as bordadeiras locais e do resto do mundo, trabalhando para produzir uma colcha coletiva da comunidade austeniana. A colcha foi financiada através de uma bolsa da Heritage Lottery e inspirada no trabalho de patchwork, criado por Jane, sua mãe e irmã, exibido no Museu, após sua recente restauração. Cada retalho da colcha foi individualmente projetado e criado por representantes de mais de quarenta grupos [sobre Jane Austen], em todo o mundo, incluindo grupos na América do Norte, Austrália, Paquistão e Brasil, bem como na vila de Chawton. Cada retalho explorará um tema diferente de Jane Austen, que quando combinados, formarão um patchwork de histórias, narrando a vida, o trabalho e o legado da escritora; e à medida que o Outono se aproxima, também se aproxima o momento em que estes retalhos – tão significativos, retornarão para Chawton.

No início da Primavera, a Casa Museu Jane Austen recrutou a designer de colchas, com residência em Brighton, Elizabeth Betts, como nossa designer da colcha, supervisionando a produção final dos sessenta retalhos da colcha, criados individualmente.

Ao longo dos próximos meses, Liz e eu [Lucy Bailey] estaremos atualizando, semanalmente, sobre o progresso do projeto da colcha, que ainda inclui: oficinas de patchwork, bibliotecas locais, centros de mesa, palestras e muito mais!

Lucy Bailey, Supervisora do Projeto

Projeto Colcha de Retalhos 05

Quando você descobriu seu interesse em Jane Austen?
Meu interesse em Austen se desenvolveu na adolescência, quando, de repente, os garotos já não eram mais um incômodo, mas potenciais interesses amorosos. Meu melhor amigo e eu costumávamos assistir as adaptações de Austen obsessivamente. Minha amiga Saskia e eu também passamos um fim de semana em Bath, no Baile da Regência, onde fizemos nossos próprios vestidos, e a parte mais emocionante do evento, foi ver os oficiais, andando por Bath e correndo atrás deles como Lydia e Kitty. Como posso me explicar – nós tínhamos dezenove anos!

O que você mais gosta sobre o trabalho na Casa Museu Jane Austen?
Eu gosto de estar no campo. No fundo, eu sou uma garota do interior e gosto de sair, pela porta do escritório, e encontrar ar fresco e verde.

Em sua opinião, qual é o aspecto mais emocionante do projeto da colcha?
A parte mais emocionante do projeto, para mim, é a mistura de grupos. Adoro o fato de que participam do projeto, não apenas especialistas em Austen, mas crianças da escola, bordadeiras profissionais, pessoas que nunca bordaram antes e grupos ao redor do mundo.

Elizabeth Betts, Designer da Colcha

Projeto Colcha de Retalhos 06

Quando você descobriu seu interesse em Jane Austen?
Oh, eu gostaria de poder dizer algo inteligente, mas tudo começou com a adaptação da BBC, em 1995, de Orgulho & Preconceito. Eu tinha terminado o 2º grau e adorava ler, no entanto, eu não estava interessada em ler os textos para as provas, então eu lia, principalmente, novelas da década de 1950. Eu caí de cabeça e me apaixonei pelas histórias, os personagens, os cenários – simplesmente tudo. Lizzie foi o modelo perfeito para uma adolescente: atenciosa, inteligente e direta e, mesmo agora, se eu sair para uma longa caminhada, gosto de pensar que caminhar fará com que meus olhos pareçam mais brilhantes! Depois disso, consumi tudo o que ela escreveu e, ainda hoje, tenho meus clássicos da editora Pinguin em casa. Eles estão meio desgastados, mas nunca os abandonarei. No entanto, como designer de estampas, estou de olho em uma bela coleção da Penguin Clothbound Classics.

O que você mais gosta sobre o trabalho na Casa Museu Jane Austen?
A Casa nos passa um sentimento encantador e, toda vez que eu a visito, me sinto privilegiada por estar lá. Eu amo sua história e ela realmente ganha vida, quando você conhece a conexão que um lugar tem com um tempo e uma pessoa específicos. Como designer e mulher, a combinação da escrita de Jane Austen, com sua vida doméstica, o que se esperava dela e o comportamento das mulheres na época, nunca deixa de me inspirar.

Em sua opinião, qual é o aspecto mais emocionante do projeto da colcha?
Foi satisfatório fazer a transição do projeto, de um conceito a algo que agora tem um plano, para que seja levado adiante. A escala do projeto e o nível de entusiasmo de todos os envolvidos fazem com que eu mal possa esperar para ver a colcha acabada.

Participação do Brasil no Projeto

Projeto Colcha de Retalhos 07

Como a presidente da JASBRA, Adriana Zardini, já havia informado anteriormente, pelo Instagram, o Brasil está participando do Projeto Colcha de Retalhos Jane Austen. A própria Adriana, mostrando seus dotes também com a agulha, trabalhou no retalho, que será enviado para Chawton e que comporá a colcha, do projeto.

Nós, da JASBRA, estamos muito orgulhosos de poder enviar um pedacinho de nosso trabalho, eu escolhi as cores da bandeira do Brasil, para homenagear a Jane Austen, e faz parte de um projeto, chamado Jane Austen Quilt, que a Chawton House está comandando”, revelou Adriana, em 25 de setembro.

Confiram mais sobre o retalho brasileiro, que fará parte do projeto oficial da Casa Museu Jane Austen no Instagram da JASBRA!

Tradução e Texto: Pollyana Coura
Fonte: jane-austens-house-museum

Anúncios

Bolsa Jane: insipirada no nome da escritora inglesa

A marca de bolsa Stella Sofia decidiu homenagem Jane Austen ao batizar o modelo da bolsa abaixo! No site da marca você poderá obter mais informações. Ainda estou aguardando informações sobre preço e cores.

bolsa jane.png

A bolsa Jane, que tem design exclusivo da Stella Sofia, recebeu esse nome em homenagem à Jane Austen, que é uma das autoras mais importantes da literatura mundial. Mesmo depois de mais de 200 anos da sua morte, ela continua sendo lida por milhões de pessoas em todo o mundo e, sem dúvidas, inspirando mais meninas e mulheres a seguirem o mesmo caminho.

Fotos do terceiro dia do VI Encontro Nacional da JASBRA

Prezados leitores,

segue abaixo o vídeo com as fotos do último dia do VI Encontro Nacional da Jane Austen Sociedade do Brasil, em 04 de Junho de 2017.

371

Uma amizade secreta de Jane Austen

Eu já tinha lido por ai que Jane teve uma amiga, também escritora, e que as duas poderiam até ter sido muito próximas, no sentido de relacionamento afetivo. Não dei muita importância ao texto porque achei que fosse uma especulação sobre a sexualidade de Jane Austen.

Porém a amiga Maria Clara Biajoli me indicou um1rtigo sobre a amizade entre Jane Austen e – pesquisa realizada por Emma Claire Sweeney.

hero_landscape-readers.jpeg
George Eliot and Jane Austen (Picture: Getty Images)

Será lançado um livro chamado ‘The hidden friendships of Austen, Bronte, Eliot and Woolf’ em co-autoria com sua amiga Emily Midorikawa. E fala sobra as amizades de escritoras famosas. Em sua pesquisa, Sweeney descobriu um dado novo sobre a vida de Austen. Ao estudar o diário de Fanny Austen Knight (sobrinha de Jane Austen), descobriu que  Fanny descreveu a amizade entre Jane e sua governanta, Anne Sharp. Anne Sharp se tornou uma escritora amadora que adaptava e dirigia peças para as crianças que ela tomava conta. Para ler o artigo completo, em inglês, clique aqui.

 

Edição especial comemorativa: Las Cartas de Jane Austen – edição espanhola

Esta publicação foi retirada do blog Hablando de Jane Austen!

Bien, este bicentenario no podía tener mejor broche de oro que la edición especial de las Cartas de Jane Austen, con todo el mimo y el lujo al que nos tiene acostumbrados dÉpoca Editorial. La auténtica Biblia de todo austenita que se precie. Yo querría destacar y agradecer, la GENEROSIDAD, de Susanna y de la […]

via Nueva Edición Especial Conmemorativa del Bicentenario, de las Cartas de Jane Austen, de dÉpoca Editorial — Hablando de Jane Austen

Programação do VI Encontro da JASBRA

Prezados Leitores,

a comissão organizadora do VI Encontro Nacional da Jane Austen Sociedade do Brasil divulga a programação preliminar do nosso encontro.

Maiores informações, clique aqui.

Dúvidas: adriana@jasbra.com.br

programaçao jasbra 2017

Dúvidas referentes ao VI Encontro Nacional da JASBRA

Prezados,

A Flávia Lima, que faz parte da comissão de organização do VI Encontro Nacional da JASBRA, organizou um informativo para esclarecer algumas dúvidas a respeito do evento. Para maiores detalhes sobre inscrições de trabalhos e como ouvintes, clique aqui.

comunicado

ATENÇÃO!

O VI Encontro Nacional da JASBRA está cada dia mais próximo. Nesse encontro, esperamos discutir sobre o Legado de Jane Austen. As inscrições estão abertas. Só para reforçar alguns detalhes:

  • O evento será sediado em Belo Horizonte, no Memorial Minas Vale, Circuito Liberdade, entre os dias 02 e 04 de Junho de 2017.
  • O cronograma com a distribuição de horários das palestras e das comunicações será divulgado até maio.
  • As pessoas podem fazer inscrição para ouvinte e apresentação de trabalho.
  • É imprescindível a inscrição para a garantia da vaga no evento.
  • Após o período final das inscrições os candidatos receberão um e-mail de confirmação e aceite de sua respectiva inscrição.
  • As despesas referentes à passagem, hospedagem e alimentação são de responsabilidade do participante.
  • Como sugestão de hospedagem vocês encontrarão algumas opções no https://www.slideshare.net/aszardini/hoteis-encontro-200-anos-da-morte-de-jane-austen .
  • As inscrições são gratuitas e podem ser efetuados por meio do link https://janeaustenbrasil.com.br/vi-encontro-da-jasbra/.

 

 

Manuscritos de Jane Austen

manuscprit.jpg

Outro dia uma pessoa me pediu auxílio para pesquisar os manuscritos de Jane Austen e percebi que não havia divulgado aqui no blog. Portanto, eis aqui o projeto que colocou na Internet os manuscritos de ficção de Jane Austen.

Em 2009 a Morgan Library realizou uma exposição lá em Nova York.

Este ano, como parte das homenagens aos 200 anos de morte de Jane Austen, a Biblioteca Britânica também está com uma exposição “Jane Austen Among Family and Friends” – desde 10 de janeiro até 19 de fevereiro de 2017.

Uma Janeite amiga, a Luciana Campelo, esteve em Londres agora em janeiro e comprovou de perto a exposição. Segundo Luciana, “a exposição é uma fantástica oportunidade de ficar bem pertinho das cartas de Jane Austen!” “Foi muito emocionante“, acrescenta.

 

british-library-jane-austen-volume-the-second-c-british-library

Celebrando o legado de Jane Austen

Prezados leitores,

Desde o início do ano  já venho divulgando notícias sobre as homenagens aos 200 anos de morte de Jane Austen. Aqui na Jane Austen Brasil, não será diferente! Será um ano muito especial, com muitos eventos dedicados à nossa amada escritora. Aguardem as publicações com os convites de eventos! O que posso atencipar é que vem por ai o VI Encontro Nacional da JASBRA, Exposição Jane Austen, Palestra Jane Austen Vida e Obra, Piquenique Austen, entre outros! Fiquem atentos!

Para marcar nossas comemorações e publicações, vou utilizar algumas imagens comemorativas com o nosso slogan “Celebrando o Legado de Jane Austen”. E todos que desejarem, podem utilizá-lo! Utilizem as hashtags #LegadoAusten #JaneAustenBrasil #JaneAusten200 – Assim, será muito fácil vocês e outras pessoas encontrarem outras publicações relacionadas às comemorações.

selo-do-bicentenario-2017-000-Page-1.jpg

Bancos em homenagem à Jane Austen

Que tal percorrer a cidade de Basingstoke (Inglaterra) em busca de bancos em homenagem à Jane Austen? A proposta do projeto “Sitting with Jane” à população mais de 25 bancos (modelados como se fossem livros abertos) – cada banco será exclusivo: projetado e pintado por um artista com sua interpretação do universo Jane Austen. Será lançado um guia até o meio do ano, gratuito para download, para que as pessoas possam visitar os bancos e apreciar a homeangem à nossa querida Austen!

Vejam abaixo alguns patrocinadores e um modelo de banco:

banco.jpg
Projeto Sitting with Jane (créditos: www.basingstokeobserver.co.uk)

O vídeo abaixo explica melhor o projeto, para assistir clique aqui.

Um projeto parecido com o da Inglaterra foi realizado na cidade mineira de Itabira, onde é possível visitar os caminhos Drummondianos (cidade natal do poeta Carlos Drummond de Andrade).

dsc03404
Adriana Sales e uma das estátuas de Drummond em Itabira – 2013 (acervo pessoal)

Para conhecer melhor os Caminhos Drummondianos, clique aqui ou na imagem abaixo:

DSC03419.JPG