Live 78 – Jane Austen e a Moda: quando duas paixões se encontram

Nossa próxima #janeaustenlives será dia 05 de abril (terça-feira) às 19:00 (horário de Brasília). Nossa convidada é a Isabela Secchin @byalady.clothing – vamos conversar sobre Jane Austen e Moda: quando duas paixões se encontram. A Isabela é formada em Design de Moda pela Faculdade Anhembi Morumbi. Faz quatro anos que teve a ideia de pesquisar sobre roupas e o universo Austen. Durante a pandemia foi que ela decidiu unir as duas paixões: moda e Austen, pois queria uma marca que tivesse estética vintage.

Adriana Sales vai mediar esse bate-papo, além de especialista em Jane Austen tem formação em Estilismo pelo SENAC-MG.

14 anos do Blog Jane Austen Brasil

Há 14 anos, em um dia auspicioso como o de hoje, eu iniciava a aventura de divulgar a vida e obras de Jane Austen aqui no Brasil! Naquela época, não haviam sites ou blogs em língua portuguesa sobre a escritora. Nem sequer o wikipédia em português trazia um registro sobre Austen.

Hoje, após tantas alegrias vividas, eu só tenho que agradecer aos meus leitores – fãs de carteirinha de Jane – que se aliaram a esta causa proporcionando inúmeras horas de partilha e verdadeira devoção à Miss Austen!

Tive o prazer de conhecer pessoas maravilhosas ao longo deste caminho! Desde as mineiras, Cláudia Cristino, Pollyana Coura e Ana Maria Almeida (que me ajudaram a fundar a Jane Austen Sociedade do Brasil, em 2009), aos inúmeros participantes das palestras que realizei, os amigos que fiz nesta jornada, as sobrinhas de Jane Austen que me encontraram com tanto calor no coração, aos inúmeros estudiosos que conheci aqui no Brasil e no exterior! São muitas pessoas para agradecer, que não posso cometer a gafe de esquecer uma pessoa sequer. Desejo que recebam minha gratidão por compartilhar comigo e demais leitores essa paixão por Jane Austen! Vida longa ao blog e demais publicações nas redes sociais! !

Live 77 – A paixão por Memórias de Época

#janeaustenlives da semana foi com a Ana Paula Scolari, em 30 de agosto às 19:00. Ana Paula é responsável pelo ig memoriasdeepoca e vamos falar sobre os encantos dos livros ambientados em outras épocas! #janeaustenbrasil

A live está salva no nosso ig @janeaustenbrasil no Instagram e logo mais estará também no Youtube.

Live 76 – Em Defesa da Senhora Bennet: Figuras Parentais na Obra de Jane Austen

Nossa próxima #janeaustenlives será dia 23 de agosto (segunda-feira) às 18:00 (horário de Brasília). Nossa convidada é a querida Deborah Simionato (UFRGS) e como ela está na Inglaterra nossa live terá que ser mais cedo. A pesquisadora vai ser em defesa da Senhora Bennet e analisar as figuras parentais na obra de Jane Austen.

Deborah é mestra e doutora em Literaturas de Língua Inglesa pela UFRGS, e defendeu sua tese de doutorado em março desse ano. Sua graduação foi em Psicologia pela mesma universidade, mas o amor pela literatura falou mais alto, e há alguns anos ela se dedica aos estudos de literatura inglesa produzida no século XIX. Faz parte do corpo editorial dos periódicos acadêmicos PHILIA e Cadernos do IL. O foco de sua pesquisa é o espaço da mulher no século XIX e como ele é representado em romances de autoras como Jane Austen, Charlotte Brontë e Elizabeth Gaskell. Ela mora em Londres e uma de suas atividades favoritas é passear pelo Reino Unido visitando as casas e locais relacionados com as seus escritores favoritos.

Escritora inglesa Jane Austen é assunto do podcast sobre literatura do Centro Cultural

Bate-papo é com Adriana Sales, doutora em Estudos Linguísticos pela UFMG e presidente de sociedade dedicada à autora de ‘Orgulho e preconceito’

No quinto episódio do Podcast Leituras, do Centro Cultural UFMG, Adriana Sales, doutora em Estudos Linguísticos pela UFMG e presidente da Jane Austen Sociedade do Brasil, compartilha suas experiências com a leitura, a literatura, suas pesquisas e a paixão pela autora de Razão e sensibilidadeOrgulho e preconceitoEmma e Persuasão.

Adriana conheceu a obra de Jane Austen (1775-1817) na graduação em Letras, época em que estavam em evidência adaptações de filmes e séries do livro Orgulho e preconceito. Em uma viagem a Nova York, adquiriu a coletânea da autora e começou a participar de grupos de discussão sobre Austen. Essa paixão levou-a a fundar a Jane Austen Society of Brasil, nos moldes das sociedades da América do Norte, Austrália e Reino Unido.

No bate-papo, Adriana Sales fala da importância da obra de Austen para o entendimento das questões femininas – ela escreveu numa época em que somente os homens publicavam livros, narrando também histórias de mulheres. Sales diz que a autora enfrentou muito preconceito, e seus primeiros exemplares foram publicados sob o pseudônimo de “By Lady”. A escritora deu voz às mulheres da época, que são protagonistas em sua obra. Isso contribuiu para um registro mais fiel da sociedade de seu tempo.

A popularidade de Jane Austen cresceu com a internet, conta Adriana, mas foram as adaptações audiovisuais de seus livros que reforçaram o apelo comercial de sua obra, transformando-a numa espécie de superstar. “Essa popularização fez multiplicar-se o número de fãs pelo mundo – surgiu, então, o fandom virtual da autora (a palavra significa reino dos fãs, juntando fan kingdom”, explica.

Adriana Sales ressalta que as produções audiovisuais inspiradas na obra de Austen não agradam aos fãs mais puristas, mas alcançam novos públicos e fazem muito sucesso.

Nesse episódio mais recente do Podcast Leituras, a pesquisadora sugere que se comece a ler Jane Austen pelos livros Orgulho e preconceitoRazão e sensibilidade e A Abadia de Northanger, que são da primeira fase de sua produção e têm histórias mais leves. Emma Persuasão são obras mais profundos, segundo Adriana Sales, com trechos muito marcantes sobre a história da Inglaterra.

Adriana Sales é graduada em Letras-Inglês pela UFMG e doutora em Estudos Linguísticos, também pela UFMG, com a tese Jane Austen e seu fandom digital: emergências e propiciamentos em um sistema adaptativo complexo. É presidente da Jane Austen Sociedade do Brasil desde 2009, escreve no blog Jane Austen Brasil, produziu diversos artigos e capítulos de livros sobre a escritora e traduziu EmmaMansfield Park e Razão e sensibilidade. É membro da Jane Austen Society of North America (Jasna) e da Jane Austen Society of Australia (Jasa).

Ouça o podcast na íntegra. 

Leia os artigos de Adriana Sales O universo feminino nas obras de Jane Austen e A identidade feminina na obra Orgulho e preconceito de Jane Austen.

Com Assessoria de Comunicação do Centro Cultural UFMG

Site UFMG

Live 75 -Jane Austen & Irmãs Brontë: grandes autoras do século XIX

Nossa #janeaustenlives da semana que vem será em dia da semana diferente por causa de nossas agendas. Portanto, anotem ai nas suas agendas: dia 18 de agosto às 19:00 (horário de Brasília). Nossa convidada é a Marcella Faria que vai nos falar um pouco sobre suas pesquisas acadêmicas. Nosso tema é: “Jane Austen & Irmãs Brontë: grandes autoras do século XIX”. Vai ser imperdível! Participem!

Marcella Faria é graduada em Letras Inglês e Mestra em Literatura pela Universidade de Brasília (UnB). É professora e pesquisadora de autores como Shakespeare, Jane Austen e irmãs Brontë. Estudou em Londres e realizou cursos de extensão sobre Jane Austen, Irmãs Brontë e Guerra das Rosas pela Universidade de Oxford. É membra da Brontë Society.

#janeaustenbrasil #janeaustensocietyofbrazil #janeaustensociedadedobrasil #jasbra #janeaustenoficial

Live 74 – Jane Austen e os memes: por que é tão fácil se identificar e amar?

Nesta semana teremos mais uma #janeaustenlives, porém, será hoje 09 de agosto às 19:00 (horário de Brasília). Nossa convidada é a Amana K. I. Ferreira do @janeaustenoficial e nosso tema é “Jane Austen e os memes: por que é tão fácil se identificar e amar?” . Vamos falar sobre a ideia de criar um perfil só com memes relacionados à Austen e nossa paixão por literatura! Aguardamos vocês logo mais!

#janeaustenbrasil #janeaustensocietyofbrazil #janeaustensociedadedobrasil #jasbra #janeaustenoficial

Live 73 – A tradução de Um Quarto Só Seu, de Virginia Woolf

Nossa #janeaustenlives de hoje, 03 de agosto, será às 19:00 (horário de Brasília), com a tradutora Júlia Romeu
@juliaromeu.eu vamos falar sobre a tradução, sobre livros e a ligação entre #virginiawoolf e #janeausten 

Julia Romeu trabalha como tradutora literária há mais de quinze anos e já traduziu obras de Jane Austen, Virginia Woolf, Charlotte Brontë, William Faulkner, Chimamanda Adichie e Elif Shafak, entre muitos outros autores. Suas traduções fazem parte do catálogo de editoras como Companhia das Letras, Record, Harper Collins e Cosac Naify. Atualmente, trabalha num livro intitulado Um lugar só dela: O feminismo em Jane Austen que sairá pela Bazar do Tempo no segundo semestre de 2021. Também é autora de teatro e de uma biografia infantil de Carmen Miranda, Carmen: A Grande Pequena Notável, escrita em parceria com Heloisa Seixas e publicada pela Pequena Zahar. É bacharel em Jornalismo pela PUC-Rio e doutoranda em Literaturas de Língua Inglesa pela UERJ, onde atua como docente.

#janeaustenbrasil #janeaustensocietyofbrazil #janeaustensociedadedobrasil #jasbra @bazardotempo

#janeaustenlives – Programação de Agosto

Prezados leitores! Nossas #janeaustenlives de agosto serão maravilhosas! Vejam a programação no cartaz e organizem suas agendas! Lembrem-se: os encontros serão às 19:00 (horário de Brasília), na nossa página no Instagram @janeaustenbrasil E depois serão salvos no Youtube Jane Austen Sociedade do Brasil.

Nossas convidadas deste mês irão nos presentear com palestras sobre suas pesquisas mais recentes e/ou projetos atuais! Sejam todos bem-vindos!

Live 72 – Por que ler os clássicos?

Nossa #janeaustenlives de terça, 27 de julho, será às 19:00 (horário de Brasília) e vai contar com a participação do Gláucio Zani e da Elinara Santana (ambos alunos do Curso Bacharelado em Letras com linha de formação em Tecnologias de Edição do CEFET-MG). Vamos falar de literatura, livros e sobre a criação do podcast Rubrica Literária, criado por Gláucio, Elinara e Stephanie Chantal.