MINICURSO – Jane Austen & Louisa May Alcott: Literatura, Cinema e Psicanálise

MINICURSO 

Jane Austen & Louisa May Alcott: 

Literatura, Cinema e Psicanálise

Profa. Dra. Natália Leite e Profa. Dra. Adriana Sales 

ERRATA: anteriormente foi publicado aulas às quintas de 20 às 21:30. Esta informação está correta. Porém, as datas das aulas é que saíram erradas. O correto é: 19 e 26 de maio, 2, 9 e 16 de junho. OBRIGADA pela compreensão!

O minicurso versará sobre algumas obras das escritoras Jane Austen (Orgulho e preconceito, Razão e Sensibilidade) e Louisa May Alcott (Mulherzinhas [Adoráveis Mulheres]), adaptadas para o cinema. Teorias Freudianas e Lacanianas serão o contraponto para a análise das obras para o cinema.

INSCRIÇÕES AQUI.

Curso on-line pela plataforma Google Meet, Turma virtual no Google Classroom.

O curso será gravado e ficará à disposição dos participantes.

Objetivos: 

  • Conhecer as vidas e obras de Jane Austen (Orgulho e Preconceito, Razão e Sensibiidade) e a Louisa May Alcott (Mulherzinhas). 
  • Analisar a transposição dessas obras para o cinema sob o viés literário e psicanalítico. 
  • Explorar as potencialidades da transposição do texto literário para as telas,  ensejando a reflexão e discussão de temáticas contemporâneas através das contribuições da psicanálise Freudo-lacaniana.

Conteúdo programático e cronograma

Os filmes que serão analisados estão disponíveis nas plataformas Netflix e Amazon Prime:

  • Orgulho e Preconceito (2005)
  • Razão e Sensibilidade (1995)
  • Adoráveis Mulheres (2017)

[ 1 ] 19/05/2022

  • Introdução ao curso
  • Seleção dos livros e das um suas adaptações para o cinema
  • O livro e a tela: experiência de leitor / espectador 
  • A teorias da psicanálise no curso – ferramentas e limitações

[ 2 ] 26/05/2022

  • Perspectiva histórica: Orgulho e Preconceito (1813 / 2005) – do livro para a tela
  • (Des)caracterização das personagens
  • (Des)Construção do amor romântico

[ 3 ] 02/06/2022

  • Perspectiva histórica de Razão e Sensibilidade (1811 / 1995) – do livro para a tela
  • Diários de roteiro da Emma Thompson
  • A (des)construção das personagens: dualidades

(Freud explica; Lacan desconstrói) 

[ 4 ] 09/06/2022

  • Perspectiva histórica de Mulherzinhas (1868 / 2017) – do livro para a tela
  • Ser mulher e o feminino: sexo e tabus
  • A emancipação (?) da mulher escritora no século 19 

[ 5 ] 16/06/2022

  • Mulheres ao longo do tempo: mulheres do século 19 e as da contemporaneidade
  • Literatura, cinema e psicanálise: letras, telas e divãs…

Metodologia: Encontros virtuais às quintas-feiras dos meses de maio e junho de 2022, das 20:00 às 21h30. 

Adriana Sales é Doutora em Estudos Linguísticos pela Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais. É professora e pesquisadora de inglês e suas literaturas no Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais. É especialista em Jane Austen pela Universidade de Oxford. É fundadora e presidente da Jane Austen Sociedade do Brasil (JASBRA),  desde 2008. 

E-mail: aszardini@gmail.com

Curriculo Lattes: http://lattes.cnpq.br/4402320597450647

Natália Leite é Doutora em Estudos Linguísticos pela Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais. É professora e pesquisadora  em Letras no Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais. Especialista em psicanálise pelo Instituto de Psicanálise Lacaniana (IPLA). 

E-mail: nataliacostaleite@gmail.com

Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/8771481342037591 

Referências

AZERÊDO, G. Para Celebrar Jane Austen – Diálogos entre Literatura e Cinema. Curitiba: Editora Appris, 2013. 

BARTUCCI, G. Psicanálise e estéticas de subjetivação. In: BARTUCCI, G. (org). Psicanálise, cinema e estéticas de subjetivação. Rio de Janeiro: Imago,  2000. 

BIRMAN, J. Estilo e modernidade em psicanálise. São Paulo: Ed. 34, 1997.  

BIRTWISTLE, S.; COKLIN, S. The Making of Pride and Prejudice. London: Penguin Books, 1995. 

BYRNE, P. The Genius of Jane Austen – Her Love of Theatre and Why She Works in Hollywood. London: Harper Perennial, 2017. 

CARTMELL, D. Screen Adaptations – Jane Austen’s Pride and Prejudice. London: Methuen Drama, 2010.

FREITAS, P. M. From Novel to Film: The Transportation of Some Character Roles in Emma Thompson’s Screenplay of Sense and Sensibility. Dissertação de Mestrado em Literaturas de Língua Inglesa. Faculdade de Letras, UFRGS, 2013. Disponível em: https://lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/72749/000884499.

pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 15 abr. 2022. 

FREUD, S. Edição Standard Brasileira das Obras Completas – ESB. Rio de janeiro, RJ: Imago, 1996. 

LAPLANCHE, J.; PONTALIS, J. Vocabulário de Psicanálise. São Paulo: Martins Fontes, 2008. 

KECK, M. Changing Iconologies in Twentiefh Century Filmes: Three Versions of Alcott’s Little Women. In: Providence University English Festival, Taiwan. Proceedings… Taiwan; Providence University, 2009.

KINOSHITA, P. Jane Austen – Versões Contemporâneas de Orgulho e Preconceito. Curitiba: Editora Appris, 2016. 

LE FAYE, D. Jane Austen – The World of Her Novels. New York: Frances Lincoln Limited, 2002.

NUGROHO, F. A.; NUGROHO, A. Feminism in the Movie of Little Women by Greta Gerwig. Journal of English Education, v. 6, n. 2, 2020. 

PARRIL, S. Jane Austen on Film and Television – A Critical Study on the Adaptations. Jefferson: McFarland & Company Publishers, 2002.

RIVERA, T. Cinema, imagem e psicanálise. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2008.

SAMPAIO, C. O cinema e a potência do imaginário. In: BARTUCCI, G. (org). Psicanálise, cinema e estéticas de subjetivação. Rio de Janeiro: Imago, 2000

THOMPSON, E. The Sense and Sensibility Screenplay & Diaries – Bringing Jane Austen’s Novel to Film. New York: Newmarket Press, 1995. 

TROOST, L.; GREENFIELD, S. (ed.). Jane Austen in Hollywood. Kentucky: The University Press of Kentuchy. 2nd Edition, 2001. 

WEINMANN, A. O. Sobre a análise fílmica psicanalítica. Revista Subjetividades, v.17, n.1, p. 1-11, 2017. 

WILTSHIRE, J.; MONAGHAN, D.; HUDELET, A. The Cinematic Jane Austen: Essays on the Filmic Sensibility of the Novels. Jefferson: McFarland & Company Publishers, 2009.

WILTSHIRE, J. Recreating Jane Austen. Cambridge: Cambridge University Press, 2001. 

Minicurso ‘Persuasion’ de Jane Austen


Inscrições aqui. Inscrições até 04 de julho de 2022.

MINICURSO PERSUASÃO DE JANE AUSTEN

Ministrante: Profa. Dra. Adriana Sales

PLANO DE CURSO

Ementa: Apresentar o panorama da vida e obra de Jane Austen, escritora inglesa do século 19. Analisar e discutir a obra “Persuasão”, último romance completo escrito por Austen, publicado após sua morte em 1817. Analisar e discutir as adaptações fílmicas de “Persuasão” para a televisão, bem como a mais recente adaptação feita para o portal de ‘streaming’ Netflix, em 15 de julho de 2022.


Objetivo: Conhecer alguns fatos sobre a vida de Jane Austen e um pouco sobre a sua obra “Persuasão”. Discutir sobre as adaptações dessa obra para outras mídias.


Conteúdo programático e cronograma:

Aula 1 – 05/07/2022

Introdução e cronograma do curso
Panorama sobre a vida e obra de Jane Austen
Principais características de Persuasão (personagens, enredo, status social, influência da marinha inglesa)


Aula 2 – 12/07/2022

Análise de Persuasão
Análise das adaptações para a televisão (1971 e 1995)

Aula 3 – 19/07/2022

Análise das adaptações para a televisão (2007)
Análise da nova adaptação para o portal Netflix (2022)


Metodologia: Aulas síncronas às terças-feiras do mês de julho de 2022, das 20:00 às 21:30 (Google Meet), com exposição e discussão do conteúdo programático. Leituras compartilhadas através do Google Classroom da turma. Acesso aos textos e materiais do curso, antes das aulas síncronas, para leitura prévia.

Avaliação: Frequência e participação nas discussões e atividades propostas no curso.

Referências:

AUSTEN, J. Persuasão. São Paulo: Martin Claret, 2018.

AUSTEN, J. Persuasion. New York: Oxford University Press, 2004.

BLOOM, H. (Ed.) Bloom’s Modern Critical Interpretations – Jane Austen’s Persuasion. New York: Chelsea House, 2004.

LE FAYE, D. Jane Austen – The World of Her Novels. New York: Frances Lincoln Limited, 2002.

SIMONS, J. Macmillan Master Guides – Persuasion by Jane Austen. London: Macmillan Education, 1987.

MORRISON, R. Persuasion – An Annotated Edition. Cambridge: The Belknap Press of Harvard University Press, 2011.

SHAPARD, D. M. The Annotated Persuasion – Jane Austen. New York: Anchor Books, 2010.

SPACKS, P. M. Persuasion – Authoritative Text Backgrounds and Contexts Criticism. New York: W. W. Norton & Company, 1995.

Sobre a ministrante do curso:
Adriana Sales é Doutora em Estudos Linguísticos pela Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais. É professora de inglês e suas literaturas no Ensino Médio e Graduação em Letras do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG). É especialista em Jane Austen pela Universidade de Oxford (2010). É fundadora e presidente da Jane Austen Sociedade do Brasil desde 2008.

E-mail: janeaustensociedadedobrasil@gmail.com
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/44023205974506

INSCRIÇÕES AQUI.

Sanditon: 2ª temporada ganha imagens e data de estreia

Matéria retirada do site: ObservatóriodoCinema

A PBS revelou novas imagens da segunda temporada de Sanditon. Também foi anunciado que a nova temporada estreia em 20 de março de 2022 nos Estados Unidos.

No Brasil, a série é disponibilizada pelo Globoplay. Ainda não se sabe se essa data de lançamento também é válida para o serviço de streaming brasileiro.

Mais sobre Sanditon

Baseada no livro não concluído de Jane Austen de mesmo nome, Sanditon havia sido cancelada originalmente em 2019, mas voltaram atrás e renovaram a série.

As novas temporadas continuarão a história da primeira, focando em Charlotte Heywood, conforme ela retorna para o resort litorâneo.

O roteirista de Sanditon, Justin Young, vai comandar as duas novas temporadas. Já o criador da série, Andrew Davies, vai escrever alguns episódios e trabalhará, também, como produtor executivo.

Como mencionado anteriormente, a segunda temporada de Sanditon estreia em 20 de março de 2022. No Brasil, a série está disponível no Globoplay.

Confira abaixo as novas imagens da segunda temporada de Sanditon.

Live 77 – A paixão por Memórias de Época

#janeaustenlives da semana foi com a Ana Paula Scolari, em 30 de agosto às 19:00. Ana Paula é responsável pelo ig memoriasdeepoca e vamos falar sobre os encantos dos livros ambientados em outras épocas! #janeaustenbrasil

A live está salva no nosso ig @janeaustenbrasil no Instagram e logo mais estará também no Youtube.

SANDITON, 2ª TEMPORADA: DATA DE ESTREIA E SPOILERS

Haverá uma segunda temporada?

Sanditon é o mais novo sucesso no Brasil, através do Globoplay, e os fãs estão realmente apaixonados pelo drama histórico.

A série é baseada no manuscrito inacabado da falecida Jane Austen, nome que é bastante cultuado no mundo da literatura.

Devido à natureza inacabada do romance (Austen completou apenas onze capítulos), a obra original é usada na maior parte do primeiro episódio. E então o produtor Andrew Davies usou os personagens desenvolvidos para completar a história.  O romance se passa em uma cidade litorânea durante uma época de mudança social. Na altura de sua morte em 1817, Austen havia completado 24.000 palavras do romance.

Situando sua história na era da Regência, a trama segue uma jovem e ingênua heroína enquanto ela navega em conflitos pessoais novo resort à beira-mar de Sanditon.

Mas então, a série voltará para uma segunda temporada? Pensando na curiosidade dos fãs, reunimos todas as informações oficiais até aqui.

Renovação e data de estreia

Os fãs de Sanditon podem comemorar! Isso porque a série já garantiu uma segunda temporada. Sim, Sanditon foi renovada para uma segunda temporada.

Sanditon estreou no Reino Unido em 2019, pela PBS e, posteriormente, chegou aos Estados Unidos em 2020. Porém, aqui no Brasil, ela estreou em abril de 2021 pelo Globoplay. Da mesma forma, vem crescendo sua popularidade ao redor do mundo.

Embora a PBS tenha desistido de dar sequência para a série, de acordo com o Spoiler TV, o canal britânico ITV – o mesmo de Downton Abbey, comprou os direitos e garantiu a continuação. 

De acordo com o SpoilerTV, portanto, as gravações da segunda temporada estão previstas para a metade de 2021. Logo, a estreia da segunda temporada deverá acontecer somente em 2022.

Elenco: quem vai voltar?

No entanto, ainda não há uma declaração oficial sobre o elenco de estrelas de Sanditon 2, mas mais provavelmente, seus favoritos irão repetir seus papéis na próxima temporada. Enfim, veremos novamente os seguintes nomes.

  • Kate Ashfield retornará como a personagem de Mary Parker.
  • Rose Williams retornará como a personagem de Charlotte Heywood.
  • Crystal Clarke retornará como o papel de Georgian Lambe.
  • Chris Marshall retornará como o personagem Tom Parker.
  • Turlough Convery retornará como o personagem de Arthur Parker.
  • Jack Fox retornará como o personagem de Sir Edward Denham.
  • Theo James retornará como o personagem de Sidney Parker.
  • Matthew Needham retornará como o personagem do Sr. Crowe.
  • Anne Reid retornará como a personagem de Lady Denham.
  • Rob Jarvis retornará como o papel de Isaac Stringer.
  • Leo Suter como James Stringer.
  • Kris Marshall retornará como o personagem Tom Parker.
  • Alexandra Roach retornará como o papel de Diana Parker.

Spoilers: o que vai acontecer?

Como é mais vital saber que a série Sanditon se inspira no último romance de Jane Austen, não há um final escrito. Dessa forma, a série também está inacabado assim como o livro.

Devido à sua doença, ela conduziu ao seu destino e, portanto, infelizmente não resistiu para escrever o final da história. Mas Austen é toda conhecida por seu legado a ser mantido em seus romances. Então, tão familiarizado com isso, o final será tão alegre quanto seus outros romances.

Igualmente, o enredo da 2ª temporada irá girar em torno das novas trilhas de vida de ambos os principais casais principais que se separam devido à conspiração de suas famílias.

Além disso, é possível também que os produtores da série se inspirem em desfechos de obras anteriores para criar um final para a série.

Fonte: Mix de séries

Emma 2020 – Kit do Filme

Recebi, hoje mais cedo, um presente maravilhoso da Melinda @jasna_sctx é um kit de impressa do filme #emma2020 espero que esteja disponibilizado em streaming em breve para nós aqui no Brasil, já que não podemos mais ir aos cinemas e demais lugares com aglomerações de pessoas! @emmafilm @focusfeatures #jasbra #janeaustenbrasil #janeaustensocietyofbrazil #janeaustensociedadedobrasil

The Janeites – o filme

The acordo com o site IndieGoGo

Uma adaptação da história “The Janeites” escrita por Rudyard Kipling. O filme está em desenvolvimento há dois e ainda não há data de lançamento!

Quando eu souber mais informações divulgarei aqui para vocês!

Se desejarem conhecer o conto de Rudyard Kipling “The Janeites

O conto foi publicado em 1924 e está disponível aqui. E uma publicação da Jane Austen Society com explicações mais completas podem ser lidas aqui.

‘Orgulho, Preconceito e Nachos’ – filme produzido por alunos de Manaus concorre em festival

Eu li essa notícia no site d24am.com Vejam a matéria abaixo:

Roteiro de ‘Orgulho, Preconceito e Nachos’ traz um cupido mexicano e sátira com Donald Trump

op manaus.jpg
O trabalho dos adolescentes foi o único a participar em duas categorias: Melhor Roteiro e Melhor Produção (Foto: Reprodução)


Manaus – O curta metragem ‘Orgulho, Preconceito e Nachos’, produzido por alunos do Colégio Martha Falcão, concorreu, na última semana, com mais de 300 produções de escolas de todo o Brasil no 1° Festival de Curtas da Árvore de Livros. Produção teve desde cupido mexicano a sátira com o presidente norte-americano Donald Trump.

As alunas responsáveis pelo curta, Isabelle Flores, Maria Luiza Coutinho, Mayara Escobar e Gabrielle Luz, contam que a experiência foi surpreendente. “Jamais imaginávamos que nos classificaríamos para o festival, tivemos a ideia de fazer a nossa versão sobre o romance da escritora britânica Jane Austen e a Mayra, que é de origem mexicana, sugeriu que a história merecia algo diferente, inserir um cupido mexicano e que fizesse uma sátira com o Donald Trump”, disseram as alunas do 9° ano.

E o trabalho delas também foi aprovado pelos pais. A mãe de Gabrielle, Ana Cristina Luz, destaca que produzir o curta com o apoio do Colégio Martha Falcão foi, sem dúvida, uma forma de incentivar as crianças e adolescentes a trabalharem em equipe, serem responsáveis e dar asas a imaginação.

“Mesmo que o curta não tenha sido o primeiro nas categorias que concorreram, ficamos bastante orgulhosos e impressionados com o trabalho dos alunos. Eles já chegaram com o roteiro pronto”, disse o professor e artista plástico Nelson Falcão.

A premiação foi uma iniciativa da plataforma de leitura digital Árvore de Livros, que pretende unir cinema e literatura, com o objetivo de contribuir para a formação de leitores críticos capazes de estabelecer relações entre diferentes mídias e linguagem.

O trabalho dos adolescentes foi o único a participar em duas categorias: Melhor Roteiro e Melhor Produção.


Orgulho e Preconceito – Série de televisão do Canal Rai

Eu acabei de encontrar uma preciosidade em preto e branco: Orgoglio e pregiudizio (1957) mini-série em 5 capítulos. Eu assisti alguns minutos do primeiro episódio e achei muito interessante! Quando eu tiver a possibilidade de assistir toda a série, publicarei aqui no blog as minhas impressões.

op1957 italiano
Lizzie Bennet (Virna Lisi) e Mr. Darcy (Franco Volpi)

Até o momento que assisti Lizzie é apresentada ao Mr. Darcy! Achei a atriz Virna Lisi fantástica como Lizzie!

Para maiores informações sobre os atores e episódios, clique aqui no site do IMDB.

Vídeos dos episódios: 01, 02, 03, 04 e 05.

 

O Bebê de Bridget Jones (2016)

O terceiro filme da de Bridget Jones já está nos cinemas do país, porém, como só poderei ir ao cinema no final de semana. Deixo a dica da resenha da Valéria Fernades do Shoujo Café!

bridget-jones-online-image1