Jane Austen como paródia de Willy Wonka

Lembra daquele garoto humilde encontrando o bilhete dourado no filme A Fantástica Fábrica de Chocolate? 

Pois alguns privilegiados moradores do Reino Unido terão a chance de viver uma experiência semelhante, caso recebam uma nota de 5 libras contendo o retrato microscópico de Jane Austen!

O responsável por esta proeza foi Graham Short, que não imaginava que a paródia de Willy Wonka poderia render cerca de R$200 mil a cada nota contendo a mini-arte estampada!

O artista teve a ideia de gravar um retrato de 5mm da autora de Orgulho & Preconceito na parte transparente da nova nota de 5 libras em homenagem ao 200º aniversário do falecimento da escritora, que está sendo celebrado neste ano.

Ele incluiu uma citação diferente em torno de cada arte, garantindo que elas sejam obras únicas.

Qualquer um que encontrar uma dessas notas deve entrar em contato com a galeria Tony Huggins-Haig, em Kelso, onde o projeto foi concebido. O dono da galeria disse à BBC que a notas podem valer dezenas de milhares de libras em um leilão.

Por que quatro notas novas de 5 libras em circulação valem R$ 200 mil cada

E para a alegria geral de Bath na Inglaterra, foi divulgada a notícia de que uma quinta nota com o microrretrato elaborado por Grahan Short será doado ao The Jane Austen Centre!

Short disse à Radio BBC de Bristol que apresentaria a nota ao The Jane Austen Centre como um presente emoldurado para marcar o 200º aniversário da morte da romancista. Ele vai voltar para Bath no dia 18 de julho com a nota que, conforme dito por ele, “será emoldurada com vidro nas costas e na frente para melhor visualização”.

A quinta nota, como as outras quatro, tem um pequeno retrato de Jane, juntamente com uma citação de um de seus romances famosos. A cédula que estará exposta no The Jane Austen Centre é do Capitão Wentworth em Persuasão, a saber: “Você trespassa a minha alma. Sou metade agonia, metade esperança.”

A Fifth Jane Austen Note Is Coming To The Centre!

 

Estereótipos literários: Austen como pioneira do chic lit?

Olá leitores!

Recordo que há alguns anos, uma amiga muito inocentemente me questionou: “Aqui, estes livros da Jane Austen que você gosta de ler, são no estilo daqueles romances de banca, certo? Tipo… Sabrina, Bárbara, Samantha?”

Confesso que naquele fatídico momento, me deu uma vontade louca de dar um murro na cara dela, mas como ela é uma amiga muito especial e devido ao carinho que dedico à nossa amizade, sorri de volta e respondi delicadamente (entre os dentes, é claro!) que ela estava redondamente enganada.

Em referência ainda, aos estereótipos literários que as pessoas insistem em conferir à obra de Austen, o blog Baiana da Baviera trouxe um artigo interessante, o qual recomendamos a leitura e reflexão. O título da referida publicação já é instigante:

Jane Austen: mãe do chic lit?

O conteúdo explora que, apesar das obras austenianas agradarem predominantemente o universo feminino – assim como a maior parte do estilo chic lit o faz -, ainda assim seus livros se destacam por abordar temas delicados àquela época, como a negligência aos direitos civis das mulheres, a falta de poder de escolha feminina quanto aos relacionamentos amorosos, choques nos encontros entre classes, escândalos familiares, entre outros tópicos relevantes que versam as tramas construídas por Austen.

Particularmente, creio que Austen não deve ser classificada num gênero chic lit. Longe de ser um preconceito ao estilo ou não observância da suposição de que ela pudesse desejar sua obra emergindo um alcance popular à época. Acima disso, me valho da plena convicção de que Austen sempre quis dizer muito mais em seus contextos imaginários do que insistem em reparar, a maior parte daqueles que adoram esteriotipar sua obra. Austen caprichava nos diálogos, lançava mão de uma linguagem clara e clássica e ironizava como nenhum outro escritor fora capaz de fazer até hoje.

Jane Austen é sim um cânone literário, ao passo que o chic lit volta sua ambição à prateleira comercializável e não à moldura clássica.

Sorry chic lit, mas em Austen, você é apenas uma referência e não um enquadramento.

Jane Sorridente

Marcelle Vieira Salles

Celebrando o legado de Jane Austen

Prezados leitores,

Desde o início do ano  já venho divulgando notícias sobre as homenagens aos 200 anos de morte de Jane Austen. Aqui na Jane Austen Brasil, não será diferente! Será um ano muito especial, com muitos eventos dedicados à nossa amada escritora. Aguardem as publicações com os convites de eventos! O que posso atencipar é que vem por ai o VI Encontro Nacional da JASBRA, Exposição Jane Austen, Palestra Jane Austen Vida e Obra, Piquenique Austen, entre outros! Fiquem atentos!

Para marcar nossas comemorações e publicações, vou utilizar algumas imagens comemorativas com o nosso slogan “Celebrando o Legado de Jane Austen”. E todos que desejarem, podem utilizá-lo! Utilizem as hashtags #LegadoAusten #JaneAustenBrasil #JaneAusten200 – Assim, será muito fácil vocês e outras pessoas encontrarem outras publicações relacionadas às comemorações.

selo-do-bicentenario-2017-000-Page-1.jpg

Lançamento: Emma Edição de Aniversário da Penguin Classics

Está em pré-venda na Amazon essa linda edição anotada em comemoração aos 200 anos de publicação de Emma! É uma edição de luxo da Penguin Classics Deluxe, com 496 páginas e está prevista para lançamento dia 29 de setembro de 2015. A responsável por essa edição é Juliette Wells.

emmalivro

Jane Austen Day – Sorteio!

Para comemorar os 239 anos de nascimento da nossa querida Jane Austen e celebrar o Jane Austen Day, oficializado lá na Inglaterra, vou sortear a coleção da Martin Claret, com 6 livros! Serão 6 ganhadores! Mas para participar vocês deverão responder à pergunta
O que Jane faria se fosse uma mocinha vivendo em uma grande cidade em 2014?

* respostas apenas no formulário abaixo! 
Respostas até 25 de dezembro, o resultado do sorteio será publicado aqui no blog no dia 26!

Trabalho da Design Samanta Coan com temática Jane Austen

A Design mineira Samanta Coan produziu como trabalho de final de curso um kit Jane Austen com o seu livro favorito: Orgulho e Preconceito! Já conheço Samanta há bastante tempo, mas só agora vi o trabalho (produto final) em seu portifólio digital! O kit foi um projeto de conclusão do curso de Design e ainda não está à venda.  Vejam como ficou lindo!

Maiores detalhes clique aqui

Dois super lançamentos em português!

Luciana Darce, já se antecipou e publicou lá na página da JASBRA no Facebook, porém, como nem todos os leitores deste blog participam do nosso grupo por lá, resolvi publicar a notícia por aqui também. 
A livraria Cultura está lançando dois livros:

JUVENILIA 

é um livro duplo com escritos de Jane Austen e Charlotte Bronte, possui 472 páginas, tradução de Julia Romeu. Não há menção de quais livros da Juvenília fazem parte deste volume. Há apenas uma sinopse no site e está em pré-venda. Clique aqui para ter acesso ao livro. Publicação da Cia das Letras/Penguin. 

À primeira vista, Jane Austen e Charlotte Brontë parecem radicalmente opostas. Austen representa a elegância e a proporção neoclássica, parodiando excessos literários e criticando as fraquezas humanas. Brontë, por sua vez, imprime em sua escrita toda a paixão e a extravagância do espírito romântico, não raro com forte influência da fantasia. Numa época em que a literatura popular era considerada perigosa para a mente das jovens, a erudição precoce, a originalidade e a liberdade de espírito aproximam essas duas autoras. Ambas tinham como personagens centrais mulheres, sendo responsáveis pelos retratos mais marcantes de lealdade e dedicação feminina da literatura inglesa. E ambas constroem as suas heroínas como produtos do condicionamento feminino da época, cujas expectativas sociais eram muito restritas. Austen e Brontë tiveram uma produção bastante fértil na juventude, reunida neste livro, a qual parece encontrar uma espécie de equilíbrio no conflito entre a moral individual e social, criando heroínas complexas que se destacam por sua coragem e independência.
Trata-se de uma biografia de Jane Austen, com 224 páginas, escrita por Catherine Reef. Publicação da Editora Nova Século, com tradução de Katia Hanna. Essa biografia é mais recente e não tenho ainda no meu acervo, mesmo em inglês, portanto, eu não tenho como fazer qualquer comentário sobre a publicação. Entretanto, há que se lembrar que a autora deste livro é responsável por outras biografias e possui bastante livros publicados na área. Também vai para o meu carrinho de compras! Clique aqui para ter acesso ao livro.
Uma biografia contundente, perspicaz e divertida como uma legítima obra de Jane Austen, a vida revelada da escritora mais importante do século XIX. Embora seja uma das escritoras mais amadas de todos os tempos, Jane Austen ainda é uma figura de grande mistério. Seria ela a gentil e doce tia Jane? Ou uma moça de língua afiada, ardilosa, como sugere sua escrita? Como passava seus dias? E, se ela nunca alcançou o mesmo final feliz de suas personagens, teria ao menos encontrado o amor verdadeiro? Ambientando sua narrativa no contexto da aristocracia inglesa do século XIX, Catherine Reef extrai informações de cartas escritas por Austen para conceber um relato íntimo da vida e dos sentimentos da escritora. A narrativa inclui detalhes dos seis fascinantes romances publicados pela escritora.

Um bolo inusitado!

  Dia 27/07 foi uma data muito especial para uma jovem de Maceió: Yasmin Sarmento completou 17 aninhos e para celebrar essa data resolveu se inspirar em Jane Austen e suas obras!
  Ela me disse que sua paixão por Austen começou há 2 anos atrás quando se deparou com o filme Orgulho e Preconceito (2005), passando num canal de tv por assinatura. A partir daí começou sua busca incansável pelas obras de Jane e tudo mais relacionado a elas. E com isso (e também depois de perturbar todas as suas amigas só falando sobre Jane e como achava que nasceu na época errada) acabou descobrindo o Blog e nosso grupo do Facebook. O que posso dizer é que você está no lugar CERTO! Acredito que a grande maioria dos fãs de AUSTEN  pensam e sentem a mesma coisa e pode ter certeza que aqui NUNCA nos cansamos de falar e buscar sempre mais sobre JANE!! Então bem-vinda à família Jane Austen Brasil!
  Voltando ao aniversário, Yasmin resolveu fazer uma festa pode se dizer temática, pois apesar do tempo ter sido curto, sua festa teve direito a bolo “LIVRO”, isso mesmo, um bolo em forma do livro Orgulho e Preconceito, toalhas, flores que remetiam as lembranças da época, e claro que ela também se inspirou no guarda-roupa e cabelos a la mocinhas de Austen!!!
  Segue as fotos:

                                                           

E aí, o que vocês acharam? Confesso que bateu uma vontade de participar desse aniversário!!! Acho que tentaria bolar um plano para sequestrar essa linda obra de arte comestível!!!  🙂

Jane Austen na Nota de 10 Libras

Dia 24/07/13 foi apresentada a nota de 10 libras que terá a imagem da nossa Querida JANE AUSTEN! Ela é a terceira mulher a ser escolhida para receber esta homenagem, a escolha foi feita após uma petição que reuniu 35.000 assinaturas liderada pela jornalista Caroline Criado-Perez.
JANE AUSTEN substituirá Charles Darwin nas notas a partir de 2017. Imagina quantas fãs do mundo todo não irão brigar para ter uma dessas?rsrs

Jane Austen – conservadora ou liberal?

Olha que menina faceira essa Jane Austen!! Será que a autora se enquandra no perfil de conservadora ou liberal?? Palestra dia 20 de março às 15:00 na Biblioteca Pública da praça da liberdade (entrada pela rua da Bahia). A minha palestra faz parte do mês das mulheres. Endereço: Praça da Liberdade, 21, 2o andar. 




Minha palestra abordará a temática feminista na obra de Jane Austen. Aguardo todos os belo horizontinos lá! Todos os  interessados deverão enviar um e-mail para referencia.sub@cultura.mg.gov.br e receberão certificados de participação!