Curta Animação – Elizabeth Bennett

Olá pessoal!

Meu nome é Marcelle Vieira Salles e vocês me verão constantemente por aqui, publicando e comentando notícias sobre o universo austeniano nos próximos meses.  Sou uma entusiasta da obra de Austen e está sendo um grande prazer fazer parte deste excelente projeto! 🙂

Para iniciar a nossa jornada, gostaria de compartilhar com vocês um vídeo sensacional que foi nos enviado recentemente.

Richard Wylde, juntamente com a equipe de vídeo Penguin Random House idealizou um curta de animação stop-motion em homenagem à Elizabeth Bennet de Orgulho & Preconceito!

O curta ficou muito fofo, super criativo e com comentários divertidos acerca da saga extraordinária de Lizzie Bennet! A animação faz parte de uma série de vídeos denominada Kick-a ** Characters, que são odes aos seus personagens favoritos na literatura. Importante ressaltar que são apenas 2 minutos de vídeo e, portanto, não foi possível explorar todos os pontos da trama de Orgulho & Preconceito, mas creio que foi uma síntese muito peculiar desta apaixonante obra!

Aqui está o vídeo:

Até a próxima!

Bjs,

Marcelle 🙂

#prideandprejudice

#orgulho&preconceito

#elizabethbennet

#kicka**characters

204 anos de publicação de Orgulho e Preconceito

Esta manha a Caroline Jane Knight da Jane Austen Literacy Foundation me lembrou do aniversário de publicação de Orgulho e Preconceito! Um dos livros mais famosos de Jane Austen comemora hoje 204 anos! 🙂 

Singela homenagem que fiz, com a edição da Editora Rock Port, coleção Classics Reimagined. A editora utilizou as ilustrações de Alice Pattullo. O livro está à venda na Barnes and Noble por 19,33 dólares.

204-de-P&B-000-Page-1.jpg

Mr Collins versão australiana

O simpático Daniel Widdowson gentilmente me informou a respeito de uma peça baseada em Orgulho e Preconceito apresentada lá na Austrália. Chamo a atenção para vídeo que ele me enviou! Decididamente um Mr. Collins muito engraçado! Confiram abaixo:

 

Orgulho e Preconceito, adaptação de Daniel Widdowson, é a segunda maior produção da Companhia de Teatro Salt House Company´s. A estreia foi no Art House Wyoung em 4 de novembro de 2016.

Maiores detalhes da peça, que foi adaptada por Daniel Widdowson aqui ou na imagem abaixo.

front-page

 

Pride and Prejudice – o musical

Começa agora à noite (19:30 na Inglaterra) um musical baseado em Orgulho e Preconceito e vai até 12 de novembro. Em curta temporada!

musical2

Para os ingressos, clique aqui.

Detalhes sobre o musical, clique aqui na página oficial.

musical

Musical Nuvem de Lágrimas em Belo Horizonte

O musical Nuvem de Lágrimas – inspiração livre de Orgulho e Preconceito – chega à capital mineira dias 07 e 08 de outubro, 2016. Local: Sesc Palladium, centro de Belo Horizonte.

nuvem

Confira abaixo o resumo do espetáculo:

Nuvem de Lágrimas, musical inédito, 100% brasileiro, com texto de Anna Toledo e canções consagradas nas vozes de Chitãozinho & Xororó, é uma homenagem à cultura sertaneja e conta uma história livremente inspirada no clássico Orgulho e Preconceito, de Jane Austen. O musical desvenda o descompassado amor de Bete e Darcy. A moça, à frente de uma cooperativa agrícola, julga o rapaz pela primeira impressão e se fecha para uma relação sincera. Já Darcy se deixa escravizar pelas aparências, ignorando os próprios sonhos. Mas, se parece impossível torcer por um final feliz, lembre-se que quando alguém diz que deixou de te amar é porque te ama.

Veja maiores detalhes sobre o elenco e essa super produção aqui.

Confira na página do Sesc Palladium os valores dos ingressos e demais informações.

Abaixo, um trecho do espetáculo com os artistas da 1a turnê:

Trabalho da Design Samanta Coan com temática Jane Austen

A Design mineira Samanta Coan produziu como trabalho de final de curso um kit Jane Austen com o seu livro favorito: Orgulho e Preconceito! Já conheço Samanta há bastante tempo, mas só agora vi o trabalho (produto final) em seu portifólio digital! O kit foi um projeto de conclusão do curso de Design e ainda não está à venda.  Vejam como ficou lindo!

Maiores detalhes clique aqui

As melhores capas de Orgulho e Preconceito

Qual é a sua capa favorita de Orgulho e Preconceito? Difícil escolha, não acham?

Eu gostaria de criar uma enquete aqui para o Brasil, qual é a sua capa de Orgulho e Preconceito favorito?  Preferencialmente indique nas seguintes categorias:
1) Capa em Português
2) Capa em Inglês
3) Capa em outro idioma
 
Vale enviar o link da capa do livro, ok?

O Blog The Bennet Sisters traz um novo post com capas bem diferenciadas, elas seguem estilos bem diferenciados, não é mesmo?

 

 

Promoção imperdível do Box da LogOn

Por indicação da Meire Souza e Fabia Rossoni, aqui está uma promoção imperdível: o box da LogOn com 8 discos, incluindo: Orgulho e Preconceito (1995), Emma (2009), Razão e Sensibilidade (2008) e Persuasão (2007). Por apenas R$ 59,90.

Detalhes no site Submarino.

Cambridge Companion to Pride and Prejudice

Hoje recebi o catálogo da Cambridge University Press e percebi que lançaram o Cambridge Companion to Pride and Prejudice, mas somente agora é que eu fiquei sabendo. Bem, antes tarde do que nunca, não é mesmo? O livro é totalmente dedicado a Orgulho e preconceito, editado por Janet Todd

O livro está à venda no Brasil apenas na Livraria Cultura, por 260,20 reais, o que leva a acreditar que seja a versão capa dura.
Já na Amazon, o formato brochura sai por 22,49 dólares e você pode dar uma olhadinha nas páginas do livro antes de comprá-lo. 
Eu tenho o Cambridge Companion to Jane Austen e só posso dizer que valeu cada centavo que gastei! 

Encontro Anual da JASNA em Minneapolis (USA)

Começa hoje, em Minneapolis, o Encontro Nacional da JASNA em comemoração do Bicentenário de Orgulho e Preconceito.

Vejam detalhes e programação na página do evento.

O amigo Tim Bullamore estará presente e fará uma palestra sobre Wichham! Adoro essas teorias que Tim arruma para cima do Wichham – personagem favorito do edtior! 🙂

Wickham Wanderer: Was Lydia Bennet’s Lover Mad, Bad or Simply Misunderstood?
George Wickham is commonly seen as a lecherous cad who led innocent Lydia Bennet astray.  In this humorous—not to say controversial—talk, Tim Bullamore argues that this is too simplistic an interpretation of events, and that the manipulative Lydia should bear at least some responsibility for her downfall.