Mulheres que fizeram história chega ao Brasil

Sucesso no exterior, chega ao Brasil um livro para crianças chamado Histórias de Ninas Para Garotas Rebeldes, da Editora V&R. Entre as mulheres escolhidas para esta obra está nossa querida Jane Austen!

Histórias-de-ninar-para-garotas-rebeldes.jpg

Cem histórias que provam a força de um coração confiante: o poder de mudar o mundo.

Histórias de ninar para garotas rebeldes é um livro com 100 histórias sobre a vida de 100 mulheres extraordinárias do passado e do presente, ilustradas por 60 artistas mulheres do mundo inteiro.

O projeto foi pensado por Elena Favilli e Francesca Cavallo, cofundadoras da empresa de mídia infantil Timbuktu Labs, nos Estados Unidos. O livro conta as histórias que vão de Frida Kahlo, passando por Elizabeth I, até Serena Williams e Maya Gabeira; todas ilustradas por artistas do mundo todo.

Com textos que remetem ao estilo de conto de fadas, muitas das histórias começam com o clássico “Era uma vez”, pois, segundo a própria autora – Favalli –, a ideia é dar a sensação de um conto de fadas moderno, para embalar o sono das pequenas antes de dormir.

Que essas valentes mulheres inspirem vocês. Que os retratos delas imprimam em nossas filhas e filhos a profunda convicção de que a beleza se manifesta em todas as formas, cores e idades. Em Histórias de ninar para garotas rebeldes, tudo o que podemos sentir é esperança e entusiasmo pelo mundo que estamos construindo. Um mundo onde gênero não defina quão alto você pode sonhar nem quão longe você pode ir.

“Um livro absolutamente necessário para embalar qualquer garota ou mulher que conhecemos.”
– Geri Stengel, Forbes

“Essas histórias de ninar transformarão princesas em mulheres que mudarão o mundo.”
– Taylor Pittman, The Huffington Post

Ficha Técnica

Título original: Goodnight Stories for Rebel Girls
ISBN: 9788550700724
Autor: Elena Favilli & Francesca Cavallo
Quantidade de páginas: 220
Tradução: Carla Bitelli, Flávia Yacubian & Zé Oliboni
Comprimento: 17 cm
Altura: 24 cm
Profundidade: 3 cm
Peso: 0.43 kg
Acabamento: Capa dura
Edição: 1ª/2017
Preço: R$99,90
Ebook: Não

Lançamento na Itália: As casas de Jane Austen

le-case

Acabo de ler no blog da JASIT (Jane Austen Society of Italy) sobre o lançamento do livro Le Case Di Jane Austen de Mara Barbuni, co-fundadora da JASIT. 180 páginas. Disponível em formato impresso ou kindle. Capítulos abaixo:

indice.png

Maiores detalhes, veja aqui.

 

 

Lançamento: Cartas de Jane Austen

cartas

A Editora Martin Claret confirmou mais um lançamento de tradução de Jane Austen. Desta vez, será uma edição uma coletânea de cartas escritas pela escritora em uma edição de luxo com acabamento especial.

A previsão de lançamento é para o segundo semestre. Os textos são traduzidos pela minha amiga Renata Cristina Colasante, doutoranda em Estudos Literários em Inglês pela Universidade de São Paulo (USP).

As cartas escritas por Jane eram destinadas à familiares e amigos. Segundo especialistas, a escritora enviou mais de três mil correspondências, porém grande parte foram queimadas por sua irmã para preservar a intimidade da família. Apenas 150 sobreviveram à queima de arquivos.

O clube de leitura de Jane Austen – lançamento Editora Rocco

Hoje recebi um e-mail da Editora Rocco me informando a respeito do lançamento de “O clube de leitura de Jane Austen” e fui convidada para fazer uma leitura em primeira mão da edição da Rocco! 🙂 Eu fico muito honrada pelo convite e agradeço também pela parceria da editora em outros lançamentos relacionados à Austen! Eu particularmente gostei mais da capa da Rocco do que com a imagem do filme.

O lançamento será em janeiro e abaixo está a release da editora.

Rocco lança em janeiro O clube de leitura de Jane Austen, de Karen Joy Foyler!

O-clube-de-leitura-de-Jane-Austen.jpg
Uma das autoras mais queridas em todo o mundo, cujo bicentenário de morte ocorre em 2017, Jane Austen (1775-1817) segue arrebanhando uma legião de fãs em pleno século XXI com romances nos quais retrata a sociedade inglesa de sua época com precisão e ironia, especialmente a condição da mulher, que tinha no casamento a única forma de existir e ascender socialmente. É claro que o cinema deu uma ajudinha na popularização da obra da escritora, haja vista o sucesso de adaptações como Orgulho e preconceito e Razão e sensibilidade para as telonas. Mas o que explica o fato de, em vários países, nos dias de hoje, milhares de adolescentes e jovens continuarem devorando as histórias da escritora setecentista protagonizadas por mocinhas em busca de um bom casamento?

Em O clube de leitura de Jane Austen, romance da norte-americana Karen Joy Fowler que a Rocco lança em janeiro, cinco mulheres e um homem se reúnem para debater as obras de Jane Austen na Califórnia do início dos anos 2000. O livro, que também virou um filme de sucesso, é uma comédia de costumes contemporânea que mostra que, dois séculos depois, os relacionamentos afetivos e sociais continuam ocupando o centro de nossas vidas. Ou seja: mudam os códigos que regem as
relações, mudam as regras de comportamento, mas na essência continuamos lidando com o sonho de encontrar o par perfeito (ou pelo menos de viver um amor “que seja infinito enquanto dure”) e de sermos aceitos – e com as consequências de nossas escolhas. O que talvez justifique a atualidade da autora inglesa.

No livro, ao longo dos seis meses em que o eclético grupo se encontra para ler e discutir os romances de Jane Austen, casamentos são testados, novos romances vêm à tona, arranjos sociais e afetivos se fazem e desfazem, e os personagens acabam se dando conta de que suas vivências não são assim tão diferentes das experimentadas por Emma ou outras de suas protagonistas. E aprendendo com elas.

clube-de-leitura

Com um olhar apurado e sensível para as fragilidades do comportamento humano e o quê de absurdo das convenções sociais, Karen Joy Fowler disseca as relações contemporâneas com acuidade, humor e ironia dignos da autora britânica. Uma homenagem a uma das maiores escritoras da língua inglesa e uma deliciosa comédia de costumes dos nossos tempos. Entre para O clube de leitura de Jane Austen, leitura perfeita para começar 2017.

“Quase tudo o que pensamos saber sobre Jane Austen está errado”

secret

O artigo publicado no site BookSeller “Quase tudo o que pensamos saber sobre Jane Austen está errado” é uma declaração de Helena Kelly, autora do livro Jane Austen, The Secret Radical, um livro que será publicado no ano que vem.

A autora – professora da Universidade de Oxford – argumenta que nos acostumamos a uma Jane falsa. Depois de 200 anos de biografias, estudos literários, filmes e adaptações de TV, canecas e toalhas de chá, Austen está agora tão enraizada em nossa consciência cultural que nos desviamos muito dos próprios romances. A própria Kelly foi vítima disso: “Quando eu estava lecionando Austen, muitas vezes eu tinha que voltar ao texto para verificar se o que eu estava lembrando estava realmente lá”. 

Kelly afirma ter sido ‘fisgada’ pela adaptação de Orgulho e Preconceito de 1995, com Colin Firth. Ela e a irmã assistiram a fita de vídeo até estragar. A autora diz que: “(…) eu acho que o que realmente me atraiu foi o modo como as adaptações colocaram em primeiro plano a experiência das mulheres e, especialmente, de uma família de irmãs adolescentes, com essa mistura de afeto e desejo de estrangularem-se. Você não percebe que muitas vezes. “

Por outro lado, Mansfield Park, que ela estudou durante as séries iniciais, foi uma decepção. “Eu achei muito difícil (…)”. Kelly não retomou Austen até seu mestrado no King’s College, em Londres, e, em seguida,   em seu doutorado em Oxford. Antes disso, um curto período na faculdade de direito a convenceu de que uma carreira como advogada não era para ela, entretanto, a experiência de estudar direito lhe deu uma abordagem mais forense aos romances de Austen.“Eu me aproximei deles de modo bem diferente de antes e comecei a notar coisas diferentes”, diz Kelly.

E, de fato, como mostra a Kelly, Emma está repleta de referências. Lembra daquelas crianças ciganas desagradáveis que tentam roubar Harriet Smith? Estão implorando pela estrada porque foram cercados fora de seu acampamento habitual.” Esse ponto de vista sobre Emma permitiu Kelly voltar a estudos os outros romances de Austen. “É tudo sobre confiar no autor. Se você olhar para os textos a sério, então você precisa confiar que o autor quer dizer o que está escrevendo. Austen não faz comentários descartáveis. Se algo está lá, é porque você está destinado a ler e capturar a ideia da autora”.

Em Jane Austen, The Secret Radical, Kelly argumenta que Sense & Sensibility estabelece indignação nua de Austen a respeito da primogenitura, e as mulheres daquela época foram, muitas vezes, deixadas em uma situação de incapacidade financeira por seus parentes do sexo masculino. Mansfield Park é um “romance fanático”, com profundas preocupações acerca da abolição da escravatura, marcada obviamente pelo seu título (Lord Mansfield foi um dos abolicionistas mais proeminentes no final do século 18). Northanger Abbey, traz um teor mais sexual, lança um olhar sobre os perigos do parto, bem como as consequências de não ler livros com atenção suficiente. Persuasão, último romance completo de Austen, é uma meditação agridoce sobre o caos inerente de nossas vidas em um mundo caracterizado pela instabilidade e mudança constante.

Para ler o artigo completo, clique aqui

Dados do livro: 

Editora: Icon Books
ISBNs: 9781785781162/81179
Editor: Duncan Heath

Pré-venda de Amor e Amizade de Jane Austen e Whit Stillman

Acabo de saber que já está em pré-venda um lançamento da Editora Gutenberg: Amor e Amizade! Entretanto, como está no selo da capa do livro, o texto é Lady Susan. A tradução é de Nilce Xavier.

susan

“Incrivelmente bela, surpreendentemente espirituosa e completamente devotada… aos próprios interesses: Conheça Lady Susan Vernon, a Alma e o Espinho de Amor & Amizade.
Viúva, falida e mãe de Frederica, uma adorável garota em idade para se casar, Lady Susan tem uma missão: encontrar um bom marido – ou seja, rico – para a filha e sobretudo para si. Dona de uma eloquência e de um charme sem iguais, Lady Susan flerta com qualquer homem endinheirado que possa salvá-la de sua desgraça financeira, o que lhe rende a fama de “rainha do flerte”. Mas quando suas tentativas de garantir o futuro não saem como o esperado, Lady Susan recorre à gentileza (e ao dinheiro) de seu cunhado, Charles, e vai passar uma temporada em sua propriedade rural para se afastar das fofocas. Lá, ela conhece Reginald, irmão da esposa de Charles, e único herdeiro da fortuna da família DeCourcy. Ao perceber que Frederica está se encantando pelo rapaz, Lady Susan decide que o jovem Reginald seria um belo e abastado marido… para si mesma.”

 

Compre na Livraria Cultura, Amazon (amazon estava com um desconto de R$ 4,00 no momento que escrevi o post).

Páginas: 288 • Formato: 16 x 23 cm • Acabamento: brochura • Título original: Love and friendship • ISBN: 9788582354063 • Código: 12818 • Área temática: Adulto, Ficção • Editora Gutenberg • Edição: 1 • Data de publicação: 30/10/2016

Pride and Prejudice Ilustrado

Por indicação da Marta Gomes, apresento a vocês Pride and Prejudice ilustrado! A artista é Alice Pattullo e está à venda na Livraria Cultura por R$136,00. Confira aqui no site da Cultura. E veja mais imagens das ilustrações no site da artista, clicando aqui. Lançamento da Editora Quayside, que faz parte de uma coleção chamada Classics Reimagined.

Edição maravilhosa em pré-venda

Para quem adora novos lançamentos, aqui vai uma dica que encontrei na Livraria Saraiva:

novo

Sete romances de Jane Austen: Sense and Sensibility, Pride and Prejudice, Mansfield Park, Emma, Persuasion, Northanger Abbey, Lady Susan. Em uma edição única da Collectible Classics por R$100,00.

Veja detalhes abaixo:

PESO 0.44 Kg
PRÉ-VENDA Sim
MARCA Collectible Classics
I.S.B.N. 9781435158139
REFERÊNCIA .
ALTURA 23.80 cm
LARGURA 16.50 cm
PROFUNDIDADE 6.00 cm
NÚMERO DE PÁGINAS 1232
IDIOMA Inglês

Lançamento: Emma Edição de Aniversário da Penguin Classics

Está em pré-venda na Amazon essa linda edição anotada em comemoração aos 200 anos de publicação de Emma! É uma edição de luxo da Penguin Classics Deluxe, com 496 páginas e está prevista para lançamento dia 29 de setembro de 2015. A responsável por essa edição é Juliette Wells.

emmalivro

Dois super lançamentos em português!

Luciana Darce, já se antecipou e publicou lá na página da JASBRA no Facebook, porém, como nem todos os leitores deste blog participam do nosso grupo por lá, resolvi publicar a notícia por aqui também. 
A livraria Cultura está lançando dois livros:

JUVENILIA 

é um livro duplo com escritos de Jane Austen e Charlotte Bronte, possui 472 páginas, tradução de Julia Romeu. Não há menção de quais livros da Juvenília fazem parte deste volume. Há apenas uma sinopse no site e está em pré-venda. Clique aqui para ter acesso ao livro. Publicação da Cia das Letras/Penguin. 

À primeira vista, Jane Austen e Charlotte Brontë parecem radicalmente opostas. Austen representa a elegância e a proporção neoclássica, parodiando excessos literários e criticando as fraquezas humanas. Brontë, por sua vez, imprime em sua escrita toda a paixão e a extravagância do espírito romântico, não raro com forte influência da fantasia. Numa época em que a literatura popular era considerada perigosa para a mente das jovens, a erudição precoce, a originalidade e a liberdade de espírito aproximam essas duas autoras. Ambas tinham como personagens centrais mulheres, sendo responsáveis pelos retratos mais marcantes de lealdade e dedicação feminina da literatura inglesa. E ambas constroem as suas heroínas como produtos do condicionamento feminino da época, cujas expectativas sociais eram muito restritas. Austen e Brontë tiveram uma produção bastante fértil na juventude, reunida neste livro, a qual parece encontrar uma espécie de equilíbrio no conflito entre a moral individual e social, criando heroínas complexas que se destacam por sua coragem e independência.
Trata-se de uma biografia de Jane Austen, com 224 páginas, escrita por Catherine Reef. Publicação da Editora Nova Século, com tradução de Katia Hanna. Essa biografia é mais recente e não tenho ainda no meu acervo, mesmo em inglês, portanto, eu não tenho como fazer qualquer comentário sobre a publicação. Entretanto, há que se lembrar que a autora deste livro é responsável por outras biografias e possui bastante livros publicados na área. Também vai para o meu carrinho de compras! Clique aqui para ter acesso ao livro.
Uma biografia contundente, perspicaz e divertida como uma legítima obra de Jane Austen, a vida revelada da escritora mais importante do século XIX. Embora seja uma das escritoras mais amadas de todos os tempos, Jane Austen ainda é uma figura de grande mistério. Seria ela a gentil e doce tia Jane? Ou uma moça de língua afiada, ardilosa, como sugere sua escrita? Como passava seus dias? E, se ela nunca alcançou o mesmo final feliz de suas personagens, teria ao menos encontrado o amor verdadeiro? Ambientando sua narrativa no contexto da aristocracia inglesa do século XIX, Catherine Reef extrai informações de cartas escritas por Austen para conceber um relato íntimo da vida e dos sentimentos da escritora. A narrativa inclui detalhes dos seis fascinantes romances publicados pela escritora.