Lady Susan da Editora Grua

A editora Grua tem uma coleção chamada ‘A Arte da Novela’ e entre os títulos disponíveis está Lady Susan de Jane Austen!

Lady Susan capa site-240x360

Tradução de Bibiana Almeida

144 pgs

Viúva, Susan Vernon escreve para seu cunhado, aceitando uma espécie de auto-convite para passar uns tempos em sua casa, na cidade de Churchill. Sua concunhada escreve para a mãe, reclamando que terá de receber aquela mulher de reputação duvidosa. Sir Reginald Courcy escreve para o filho Reginald uma carta dura querendo afastá-lo de Susan Vernon, que o está seduzindo que sem que ele se dê conta.
A história se desenrola através de cartas trocadas entre os personagens, e a cada uma delas a bela e ardilosa Lady Susan vai se tornando mais irresistível. Ela destoa da tradicional heroína criada por Jane Austen e das protagonistas clássicas dos romances do século XIX. Ciente de sua beleza e carisma, seduz e manipula, comporta-se de forma egoísta, inclusive em relação à filha. Também não demonstra nenhum arrependimento ao se envolver com um homem casado, sem sofrer punição moral por isso.
A data mais aceita para esta novela epistolar é 1794, quando Jane Austen tinha apenas 19 anos. A impressionante maturidade na escrita já era um sinal da autora notável que seria.
Preço: R$21,90 
Anúncios

Pré-venda de Amor e Amizade de Jane Austen e Whit Stillman

Acabo de saber que já está em pré-venda um lançamento da Editora Gutenberg: Amor e Amizade! Entretanto, como está no selo da capa do livro, o texto é Lady Susan. A tradução é de Nilce Xavier.

susan

“Incrivelmente bela, surpreendentemente espirituosa e completamente devotada… aos próprios interesses: Conheça Lady Susan Vernon, a Alma e o Espinho de Amor & Amizade.
Viúva, falida e mãe de Frederica, uma adorável garota em idade para se casar, Lady Susan tem uma missão: encontrar um bom marido – ou seja, rico – para a filha e sobretudo para si. Dona de uma eloquência e de um charme sem iguais, Lady Susan flerta com qualquer homem endinheirado que possa salvá-la de sua desgraça financeira, o que lhe rende a fama de “rainha do flerte”. Mas quando suas tentativas de garantir o futuro não saem como o esperado, Lady Susan recorre à gentileza (e ao dinheiro) de seu cunhado, Charles, e vai passar uma temporada em sua propriedade rural para se afastar das fofocas. Lá, ela conhece Reginald, irmão da esposa de Charles, e único herdeiro da fortuna da família DeCourcy. Ao perceber que Frederica está se encantando pelo rapaz, Lady Susan decide que o jovem Reginald seria um belo e abastado marido… para si mesma.”

 

Compre na Livraria Cultura, Amazon (amazon estava com um desconto de R$ 4,00 no momento que escrevi o post).

Páginas: 288 • Formato: 16 x 23 cm • Acabamento: brochura • Título original: Love and friendship • ISBN: 9788582354063 • Código: 12818 • Área temática: Adulto, Ficção • Editora Gutenberg • Edição: 1 • Data de publicação: 30/10/2016

Edição maravilhosa em pré-venda

Para quem adora novos lançamentos, aqui vai uma dica que encontrei na Livraria Saraiva:

novo

Sete romances de Jane Austen: Sense and Sensibility, Pride and Prejudice, Mansfield Park, Emma, Persuasion, Northanger Abbey, Lady Susan. Em uma edição única da Collectible Classics por R$100,00.

Veja detalhes abaixo:

PESO 0.44 Kg
PRÉ-VENDA Sim
MARCA Collectible Classics
I.S.B.N. 9781435158139
REFERÊNCIA .
ALTURA 23.80 cm
LARGURA 16.50 cm
PROFUNDIDADE 6.00 cm
NÚMERO DE PÁGINAS 1232
IDIOMA Inglês

Gazeta de Longbourn Apresenta: Lady Susan

Não consigo me decidir em relação a nada tão sério quanto um matrimônio, sobretudo porque no presente momento não estou precisando de dinheiro, e talvez, antes da morte do velho cavalheiro, o enlace me trouxesse muito poucas vantagens.

A primeira vez que li Lady Susan foi em francês, num pocket que me foi presenteado pela Claire, do Jane Austen Lost in France. Algum tempo depois, quando comprei a edição comentada de Persuasão da Zahar, encontrei uma tradução aparentemente inédita desse romance epistolar muitas vezes esquecido da Austen.

É interessante que quando se falam nos romances da autora inglesa, Lady Susan é muitas vezes esquecido. Isso ocorre talvez porque a um só tempo, esse romance epistolar não se encaixa na chamada Juvenilia, embora tenha sido escrito quando Austen ainda era uma adolescente, tampouco está par a par com os livros mais conhecidos.

Se fosse para resumir Lady Susan em uma palavra eu diria ‘cínico’. Em certa medida, ela me faz pensar no famoso As Ligações Perigosas, de Choderlos de Laclos – até mesmo pelo formato de ambos, onde a história é contada através de cartas.

Como já disse antes, Lady Susan é muito diferente das outras obras da autora. Não é uma comédia de maneiras, ou um romance edificante e inspirador. Do meu ponto de vista, me parece um estudo de personagem – uma personagem maquiavelicamente inteligente, manipuladora, sem qualquer tipo de compaixão ou empatia, nem mesmo para com a própria filha.

Onde quer que vá, Lady Susan convida escândalo. Sua beleza e inteligência a tornam irresistível para os homens. Sendo uma viúva, ela não precisa parar no flerte ou nas promessas de casamento como uma donzela – fica implícito quando conta de suas aventuras com um cavalheiro casado que ela fez mais que seduzi-lo com palavras.

O grande problema de Lady Susan, o que a torna uma vilã execrável, não é que ela tenha uma vida sexual ativa – ele foi publicado quase meio século após a morte da autora, talvez porque se tivesse saído ainda à época de Austen, teria ele mesmo provocado um escândalo. Não, não é um problema que se desvincule do estereótipo de protagonista romântica querendo casar por amor. A questão é sua relação com a filha, Frederica.

O abuso emocional que Frederica sofre nas mãos da mãe é para revirar o estômago. Lady Susan diz com todas as letras que é completamente indiferente à filha, exceto, talvez, para encontrar defeitos. Pela descrição que a mãe faz dela, temos a impressão de que Frederica é uma ratinha, absolutamente sem graça, sem vontade ou brilho. É uma impressão diferente das cartas de Mrs. Vernon, a tia, que a enxerga como uma menina doce, mas extremamente tímida, subjugada pelo bullying da própria mãe.

Lady Susan tem dois objetivos de vida: casar a filha com qualquer idiota que tenha dinheiro e casar-se ela própria com um marido rico. Para Frederica ela quer um idiota porque assim será mais fácil de controlar a filha, o genro (e não há muitos escrúpulos ou preocupações em seduzir esse aqui também…) e a bolsa. Para si, ela talvez prefira alguém mais jovem e vigoroso, contanto que seja manipulável.

Austen constrói todo esse drama de forma quase leve, predominantemente no tom irresponsável e arrogante de Lady Susan. A hipocrisia social e das relações familiares é o tema predominante, mas tudo parece estranhamente ausente de julgamentos – a despeito das missivas de Mrs. Vernon, a venenosa Lady Susan parece sempre conseguir se safar com graça e ainda por cima.

Os leitores habituais de Austen provavelmente estranharão a forma como as coisas acontecem aqui, mas Lady Susan é mais que uma simples curiosidade no currículo da autora. Não é a história em si que importa, mas sim os personagens (por isso que chamei de estudo de caráter), brilhantemente elaborados, e as questões morais trazidas por eles.

Promoção imperdível

Pessoal, a Livraria Cultura está com uma promoção imperdível!

Este livro maravilhoso, contendo 7 romances de Austen, com 1220 páginas está por apenas R$ 49,90.
Além dos seis principais livros de Austen, esta edição traz também Lady Susan.

Eu comprei esta edição na Barnes and Noble e confesso que é maravilhosa!
Outro dia a Flávia Oliveira esteve aqui em casa e ficou literalmente babando por esta edição!

Para comprá-la, clique aqui.

Em primeiro mão: Jane Austen by Editora Zahar

Acabo de receber a edição de Persuasão e mais duas outras novelas (Alice e Jack, Lady Susan) publicada pela Editora Zahar! Vejam como é linda! Eu gostaria de agradecer Priscila Correa por gentilmente me enviar esta cópia! Vou poder reler a juvenília de Austen escrita por mãos brasileiras! MUITO OBRIGADA! 
O marcador de livros faz parte dos mimos que fiz para o Encontro da JASBRA-MG no próximo sábado.
Aguardem o próximo sorteio do blog pois será o sorteio deste livro maravilhoso!
Confiram os detalhes abaixo:
Capa dura! Vejam como é linda a contracapa!

Detalhes desta edição: Tradução de Fernanda Abreu, Notas de Fernanda Abreu e Juliana Romeiro, Apresentação do Prof. Dr. Ricardo Lísias. Eu li rapidamente a introdução e pude constatar o excelente trabalho de Ricardo Lísias. Além disso, as notas de rodapé (presentes em centenas de páginas) oferecem ótimas explicações e contextualizam o texto de Austen.

Verso da capa, vejam como é lindo este papel! Nota 10 para a Editora Zahar!

Nota: o marcador de livros faz parte do meu acervo pessoal, comprei em Chawton House Museum.
Para fazer a pré-compra deste livro, leia meu post anterior. Estará à venda a partir de 16 de abril, porém em algumas livrarias virtuais há um prazo para a entrega de cerca de 10 dias.

Lady Susan no Teatro

Para fechar esta série de posts sobre peças de teatro baseadas na obra de Jane Austen, descobri que Lady Susan também esteve em cartaz, em 2010 lá na Inglaterra. Maiores informações sobre a peça, leia aqui.

Imagens do elenco:
 Visite a página da Charllote’s Production no Facebook.

Áudio Livros – Audio Books

O site Castlibrary está com uma oferta em áudio books de Jane Austen. Os livros são narrados e o comprador poderá baixá-los diretamente para seu computador e dispositivos eletrônicos. Algumas coleções existem também em formato tradicional, em formato CD, e estão à venda no Site Amazon. Entretanto, a dirença está no preço, para fazer o download você pagará cerca de 7,98 dólares, enquanto que para adquirir os CDs você pagará muito mais.
A Castlibrary tem outras coleções. Veja as que eu selecionei abaixo:
Clique em cada áudio livro para maiores detalhes:
Veja aqui a lista completa de áudio books.
Logo no início deste blog, em 2008, eu fiz uma série de posts sobre um projeto chamado Librivox, onde voluntários gravaram os livros de Austen em formato digital, todos disponíveis para download gratuito.

Lady Susan no Teatro!

Notícias fresquinhas: Lady Susan no Teatro!
Tom Fontana (vencedor do Emmy) adaptou e irá dirigir uma leitura de Lady Susan para o teatro. As apresentações começam dia 12 de abril, no Baruch Performing Arts Center, em Nova York. Tíckets entre 35 a 60 dólares!

Oh! Como eu gostaria de estar lá! Bem pertinho do International Center in New York (que fica na Rua 23), lugar onde passei 5 meses apredendo mais sobre a cultura americana.
 
 
 
 
 
Créditos das fotos:
 
Lady Susan – arquivo pessoal
Tom Fontana – Broadwayworld

Áudio livros

Encontrei alguns áudio livros de Austen no site Book Rix, disponíveis no formato widget para serem colocados em blogs, sites, etc… É possível também fazer o download do áudio e ouvir onde quiser!
Estão disponíveis os livros: Lady Susan, Pride and Prejudice (Partes 1 e 2), Sense and Sensibility (Partes 1 e 2), Love and freindship, The Watsons, Emma (Partes 1 e 2).
Há uns dois anos acompanhei a leitura de Pride and Prejudice com um áudio do livor, baixei do site librivox.com, onde pessoas de boa vontade fazem a leitura do livro e disponibilizam gratuitamente para download.
Meus primeiros posts aqui neste blog mencionavam o projeto Librivox e lembro-me que a senhora que fez a leitura de Pride and Prejudice tinha uma ótima dicção! No site há várias leituras de: Persuasion, Emma, Sense and Sensibility, Pride and Prejudice, Mansfield Park, Northanger Abbey, The History of England, Lady Susan, Love and Freindship, Plan of a Novel, The Watsons.