A colcha em homeangem a Jane Austen

A Lizz Betts publicou que está a pleno vapor a confecção da colcha em homenagem a Jane Austen! Eu tive o prazer de ser convidada pela Chawton House Museum para participar dessa homenagem maravilhosa! Para quem ainda não viu, clique aqui para maiores detalhes sobre a contribuição brasileira para o projeto Jane Austen Community Quilt. Veja o vídeo aqui, com maiores detalhes quadrado bordado por mãos mineiras enviado à Inglaterra!

Essa semana o pessoal responsável pela união dos quadrados enviados por pessoas do mundo inteiro estão juntando as peças para mais tarde unirem os pedaços e costurá-los em uma única colcha. Veja a contribuição da Jane Austen Brasil no final da imagem à direita (marcado em verde)

 

colcha.jpg

 

Anúncios

Visitando a casa de Jane Austen – por Rachel Dodge

Fonte: Visiting Jane Austen’s Home: Celebrating 200 Years in Hampshire, Rachel Dodge

Chawton Cottage, Jane Austen’s house sign. Image @ Rachel Dodge

A Vic Sanborn acaba de publicar um post sobre a visita que Rachel Dodge fez aos condados de Hampshire e Chawton! Fotos de encher os olhos!

Faça seu próprio piquenique em homenagem à Jane Austen

O site JaneAusten200 pubicou um pacote com diversas receitas, jogos, decoração, lista de livros, entre outros … para você mesmo(a) montar seu piquenique em homangem à Austen!!

Confira aqui o post completo!

janeausten200

 

 

Jane Austen Behind Closed Doors

O documentário de Lucy Worsley chamado ‘Jane Austen Behind Closed Doors’ e exibido pela BBC está disponível no Youtube. A apresentadora apresenta diversos lugares onde Austen viveu!! Confiram abaixo:

As homenagens aos 200 anos de morte de Jane Austen na Inglaterra

Lá na Inglaterra acontecerá uma série de eventos para homenagear nossa amada escritora. No site Jane Austen 200, há uma série de informações sobre apresentações de teatro, exposições, palestras e muitas outras celebrações.

jane Austen 200.png

Para acompanhar a página JaneAusten200 no Facebook, clique aqui.

É possível assistir diversos vídeos, entre eles:

 

Para acompanhar as celebrações aqui no Brasil “Celebrando o Legado de Jane Austen”, clique aqui.

Vídeo da estátua de Jane Austen

Vocês se lembram que na semana passada eu publiquei aqui uma notícia a respeito da primeira estátua a ser inaugurada em homenagem à Jane Austen lá na Inglaterra?

A BBC Today publicou um vídeo com o escultor Adam Roud e agora sim podemos ter uma idéia de como ficará a versão final! Vejam que maravilha!

A estátua fará parte do memorial permanente na cidade de Basingstoke em homenagem à escritora e faz parte de uma série de eventos que acontecerão na Inglaterra.

O vídeo pode ser visto aqui ou clicando na imagem abaixo.

estatua

Walking in her bedroom, standing on her grave

This post was written my dear friend Alfred Kaal from Netherlands (we did a Jane Austen Course at Oxford last january). Thanks a lot Alfred! Tomorrow I will translate it and publish the news pictures he sent me.
Last year I went to Bath, and visited the Jane Austen Centre, saw the house where she lived, and walked past the famous sites she must have seen too. After taking the Oxford University course on Jane Austen, and rereading her books and moreover, learning about her writing style, and taking in lots of background information, what must one do when returning to England? Right, visit other places where Jane Austen has been. During my first week in England I stayed in Oxford, and from there it is easy to drive to Chawton and Winchester. At Chawton she wrote Mansfield Park, Emma and Persuasion. And in Winchester, she died at the age of 41.

Chawton is a small village near Alton, in Hampshire. It is close to a highway, but after parking the car, I noticed how calm and peaceful the place was. A couple of houses, a restaurant on the opposite side of the street. And then the cottage of Jane Austen. It is a museum nowadays, but it looks like a house where one could live in comfortably. On the inside, it looks both like a house and a museum. In some rooms, you could (almost) imagine Jane Austen walking in, and doing the things she is used to do. In other rooms, it feels more like a museum. When you observe the behaviour of the people working and visiting there, they behave like it’s a house. It’s treated with respect. Everything looks neat and cared after. The staff seems very devoted in keeping the memory of Jane Austen alive. And that’s why I liked it there. It’s not like Stonehenge with busloads of visitors, Buckingham Palace or Windsor. It’s a house where a very good writer lived. The guestbook says it all: people from all over the world come to Chawton. They are not ordinary visitors. They are people who enjoy the books of Jane Austen, the movies, the dancing and perhaps might want to live in her era. And some go as far as taking a course on Jane Austen at Oxford University 😉
Next stop was Winchester. A lively town, packed with shops. And a cathedral. Because Jane Austen died in Winchester, she was to be buried there. Not because she was famous, most people didn’t know she wrote a couple of well-known books. Just because she died in Winchester, her grave is now in the cathedral. The text on the grave stone memorises her not as the writer she was. That was later corrected in a brass plague on the wall close to her grave. An exhibition on Jane Austen was on display. Most of it was familiar, but it was interesting to see the book where her death was noted, albeit the wrong date was written down: July 16 instead of 18! One can only wonder how that mistake could be made. It wasn’t certainly a mistake to visit the cathedral, and I’m glad I was there.

O Batismo de Jane Austen

Voltando ao tema religiosidade e Jane Austen, hoje apresento um pouco mais das minhas descobertas!
Como sabemos, Jane nasceu em 16 de Dezembro de 1775 em Hampshire e seu pai era pastor em Steventon. Abaixo, uma imagem do livro de registros:

Jane foi batizada somente alguns meses após seu nascimento porque as mães daquela época mal saíam dos quartos no primeiro mês de vida do bebê. No caso do nascimento de Jane Austen, por ser dezembro um mês frio e especificamente este mês no ano de 1775 foi surpreendemente frio, os pais da bebê Jane resolveram batizá-laem casa mesmo. Somente em 05 abril do ano seguinte é que levaram a pequena criança para o bastimo na igreja (Tomalin, 1997).
Abaixo uma cópia do registro feito em Hampshire, pertecente a Winchester, Ref. 71M82/PR2.

Transcrição da imagem acima: “Jane Daughter of the Revd Mr George Austen Rector of this Parish, & Cassandra his wife was Privately Baptizd Decr 17th 1775 Rec’d into the Church April 5th 1776”

Tradução: “Jane filha do Reverendo Mr George Austen, pastor desta congregação, & Cassandra sua esposa, foi batizada em casa em 17 de dezembro de 1775 e nesta Igreja em 5 de abril de 1776.”

O trecho acima foi escrito no livro de registros da congregação/paróquia de Steventon, pelo Reverendo George Austen. Este livro de registro contém os batismo (1737-1812), casamentos (1738-1753) e enterros (1738-1812). Neste livro estão incluídos os batismos de Jane Austen e seus irmãos.
*****
TOMALIN, Claire. Jane Austen – A life. Alfred A. Knopf: New York, 1997.