Ode ao Mr. Darcy

Um dia desses minha filha Isabella me mostrou uma música composta em homenagem ao Mr. Darcy (Colin Firth)!

Versão ao vivo aqui.

Letras em inglês aqui.

Anúncios

Oh Mr. Darcy! Jane Austen Super Fans

Por indicação da leitora Meire Souza, apresento à vocês uma reportagem do canal americano ABC News sobre o fenômeno Jane Austen! 

Nova Adaptação BBC – Novo Mr.Darcy? Nova Lizzie?

Desde o final de semana  começou um “burburinho” sobre a nova série da BBC: DEATH COMES TO PEMBERLEY.

Então para o papel de Mr.Darcy foi escolhido o ator Matthew Rhys!

E para Lizzie a atriz Anna Maxwell Martin!

E vcs o que acharam da escolha?
Mais informações no link abaixo:

Sextas – Jane Austen Irônica (Darcy parte 4)

Hoje é dia da Coluna das sextas-feiras: Jane Austen Irônica!

Aproveitando que o tema de discussão da semana é sobre o Mr. Darcy, vamos dar destaque ao personagem também na Coluna Jane Austen Irônica! Com vocês o quarto quadrinho irônico! 
Conheça aqui os outros posts desta coluna.


Caso queira participar
envie-nos suas ideias: adriana@jasbra.com.br 

Sextas – Jane Austen Irônica (Darcy parte 3)

Hoje é dia da Coluna das sextas-feiras: Jane Austen Irônica!

Aproveitando que o tema de discussão da semana é sobre o Mr. Darcy, vamos dar destaque ao personagem também na Coluna Jane Austen Irônica! Com vocês o terceiro  quadrinho irônico! 
Conheça aqui os outros posts desta coluna.


Caso queira participar
envie-nos suas ideias: adriana@jasbra.com.br 

Sextas – Jane Austen Irônica (Darcy parte 2)

Hoje é dia da Coluna das sextas-feiras: Jane Austen Irônica!

Aproveitando que o tema de discussão da semana é sobre o Mr. Darcy, vamos dar destaque ao personagem também na Coluna Jane Austen Irônica! Com vocês o segundo quadrinho irônico! 
Conheça aqui os outros posts desta coluna.


Caso queira participar
envie-nos suas ideias: adriana@jasbra.com.br 

Sextas -Jane Austen Irônica (Darcy parte 1)

Hoje é dia da Coluna das sextas-feiras: Jane Austen Irônica!

Aproveitando que o tema de discussão da semana é sobre o Mr. Darcy, vamos dar destaque ao personagem também na Coluna Jane Austen Irônica! Com vocês o primeiro quadrinho irônico! 
Conheça aqui os outros posts desta coluna.

Caso queira participar
envie-nos suas ideias: adriana@jasbra.com.br 

Segundas – Sexismo?

 Hoje é dia de lhes apresentar a Coluna das segundas-feiras: Discussões sobre Orgulho e PreconceitoA sugestão da discussão é da Flávia Oliveira (JASBRA-MG):

Depois das declarações apaixonadas feitas pelo casal Lizzy e Darcy eis que me pergunto…
“-É uma pena que encontre para tudo uma resposta razoável e que eu tenha o bom senso de aceita-la. –reclamando do silêncio de Darcy quando as visitou com o Mr. Bingley.”
E agora respondam: Essa condição de obediência e concordância, seria  um comentário machista ou apenas uma brincadeira de enamorados?


Conheça aqui as outras perguntas da nossa discussão sobre Orgulho e Preconceito

Domingos – Guia do Romance parte 2

Domingo é dia da Coluna Guia do Romance! 

A ideia surgiu quando li uma série de livros e posts sobre dicas de Jane Austen sobre romance. Então resolvi traduzir os posts publicados da Sparknotes, chamada Jane Austen Dating School.

Guia do Romance 2 – Instruções para lidar com a rejeição*
By: enthusiasm&austen

Se eu tivesse que resumir a última semana em apenas uma palavra, eu diria: faculdade-fitzwilliam-amigos-gargalhadas-planeta-da-esquisitice-sem-celular-saudades-do-fitzwilliam-convidada-para-um-baile-de-formatura-matando-filhotinhos-mr-collins-embaraço-ligações-de-telefone-garotos-garotos-garotos.

Entenderam? Bem, espero que não, porque de outra forma o resto deste post vai ser muito redundante e chato.

Primeiramente – visitando La Universidad de Fitzwilliam. Com minhas calças que elevam muito auto-estima, para corajosamente para o que seria a minha primeira visita à faculdade… e foi bastante divertido! Gostei muito da escola! Fitz agiu com bastante naturalidade (bem, a maior parte do tempo)! Houve alguns momentos que ele partiu em uma jornada individual para o Planeta da Esquisitice, onde ele se tornou muito distante e estranho, que eu não consegui saber o que ele estava pensando: não sabia se ele estava prestes a explodir ou se não estava pensando em nada importante. Mas, na maior parte do tempo, ele esteve ‘normal’ ao meu lado, aqui mesmo no Planeta Terra! Encontrei muitos de seus amigos, foi tudo muito divertido e descontraído.

A única desvantagem é que de alguma forma ele conseguiu deixar o telefone no carro de seus pais, e não recuperá-lo até sexta-feira. Isso significa, é claro, que eu passei uma semana inteira em uma espécie de dieta Fitzbilly. E foi também uma semana especial porque eu fui convidada para um baile de formatura. Não foi um convite de Fitzwilliam, mas de um dos meus amigos… que chato isso! Já suspeitava disso há algumas semanas, pois já havia percebido que um dos meus colegas de classe tinha uma quedinha por mim. Por um motivo insondável… eu não estava preocupada pois imaginava que o rapaz não iria tomar a iniciativa – pensei comigo mesma. Eu não tinha planejado ter um namorado para me acompanhar a um baile por diversos motivos – ir com os amigos parece ser mais divertido, sou péssima em dançar agarradinho, além do Fitz, é claro. Mas ficou evidente que eu não deixei isso muito claro.
Na quinta passada, meu amigo me disse que gostaria de mostrar algo. Fiquei muito envergonhada, porém o segui. Ele me levou até um cômodo onde havia um piano… e ele tocou “Cho Chang/Ginny”. Por um milésimo de segundo, eu pensei que talvez, apenas talvez, fosse só aquilo que ele desejava me mostrar. Mas… ele terminou a música e acabou me convidando para o baile.  E assim, se repete a velha e gloriosa tradição: meninos errados que gostam de meninas certas. Isso é algo que se repete desde os tempos mais remotos, para não dizer pré-históricos, talvez até na época dos dinossauros, quando eles faziam bailes! 🙂
De fato, essa tradição continua até mesmo nos bailes dos romances de Austen. Desde o chatíssimo Mr. Collins (Orgulho e Preconceito) até o paquerador Herny Crawford (Mansfield Park), mais de uma heroina teve que lidar com um pretendente desagradável. Em comparação aos desastrosos de Austen, eu até que tive sorte, pois meu amigo até que é um bom partido, e eu só tive que recusar seu pedido, não um pedido de casamento! Mas isso não quer dizer que não aprendi com eles! Bem, vejamos o pedido de casamento desastroso de Mr. Collins a Lizzie Bennet – veja o vídeo abaixo:

Basicamente o cara é um desengonçado e causa arrepedios em qualquer um. Mas lembre-se, Lizzie é a heroina! Ela permanece firme e forte, até mesmo quando sua própria tenta força-la a se casar com Mr. Collins. Ela não chega a ser rude com ele (se bem que se ela fosse, quem poderia culpá-la?), mas Lizzie era determinada!

Então, caros amigos, eu também recusei o convite do meu amigo. Me senti como se tivesse assassinado um filhotinho de cachorro com uma pá. Até que ele aguentou firme. Mas as coisas pioraram, eu, ele e mais um outro colega tínhamos planos para o sábado… me senti bastante desconfortável. Mas, o final de semana passou, tudo terminou bem e pude respirar aliviada. O meu amigo parece se recuperar muito bem, enquanto eu ouço aquela música que ele tocou umas 7 ou 8 vezes por dia. Eu acabo sempre tentando me convencer que fiz exatamente o que Lizzie teria feito, o que me faz sentir um pouco melhor. Para concluir, ontem, finalmente eu e Fitzwilliam nos falamos ao telefone. E advinhem só! Ele parece ter recuperado a alegria, o que me fez sentir nas nuvens.

* Adaptação e tradução: Adriana Zardini

E vocês, prezados leitores, o que acharam destes conselhos?

Conheça aqui os outros posts desta coluna.

Sedutor mesmo 200 anos depois

Graças à boa vontade da leitora Priscila Caetano, que digitalizou o Jornal o Globo de 09 de março, hoje posso publicar a matéria completa. Vejam abaixo o artigo!