“EM UMA ÉPOCA CHEIA DE REGRAS, ELAS SEGUIAM AS DELAS”: A MODERNIZAÇÃO DAS PERSONAGENS FEMININAS DE JANE AUSTEN NA TELENOVELA ORGULHO E PAIXÃO

A Diana de Melo Xavier foi a nossa convidada para a 1a live da #janeaustenlives! Foi uma maravilha passar um hora falando sobre Austen com ela! Gratidão, Diana! Eu aproveito o post para publicar o resumo da monografia de conclusão do Graduação em Letras, pela UFRJ, fruto da pesquisa de Diana. O arquivo completo, em pdf, pode ser acessado aqui.

Resumo: Jane Austen (1775-1817) é uma das principais escritoras da literatura inglesa e suas obras são bastante adaptadas para séries, filmes e outras mídias. E, em 2018, seis obras de Austen foram adaptadas para a telenovela do horário das seis Orgulho e Paixão da Rede Globo pela primeira vez no Brasil. Sendo a telenovela um gênero próprio, foram adaptadas as personagens e os enredos de Austen para que, assim, sua trama agradasse seus telespectadores do século XXI. Por isso, as personagens femininas da escritora apresentam uma nova e moderna representação para refletirem o público alvo da novela das seis. Desta maneira, o objetivo dessa monografia é analisar a adaptação das personagens Elisabeta Benedito (inspirada em Elizabeth Bennet de Orgulho e Preconceito) e Ema Cavalcante (inspirada em
Emma Woodhouse de Emma) para o gênero telenovela e a sociedade brasileira. Assim, será considerado a influência do público alvo do gênero e o entendimento de Jane Austen como um produto cultural para compreender a escolha de suas obras para se tornar uma telenovela brasileira, constatando, por fim, a modernização de ambas personagens e como Jane Austen se mantém contemporânea, apesar de tais mudanças.


Palavras-chave: Literatura Inglesa. Jane Austen. Telenovela. Modernização. Orgulho e Paixão. Orgulho e Preconceito. Emma.

JASBRA na UFRJ

Olá pessoal,
estive no Rio de Janeiro, na semana passada, para apresentar um relato de experiência sobre o uso pedagógico dos fóruns de discussão. Como estamos utilizando um fórum para discussão dos livros de Austen, resolvi apresentar a nossa proposta. Meu trabalho foi apresentado durante o III Seminário de Estudos em Linguagem, Educação e Tecnologia (III Seminário LingNet), realizado nos dias 27 e 28 de maio, na Faculdade de Letras da UFRJ.
O título da comunicação: Uma proposta de discussão literária on-line: relato de experiência do Jasbra (Jane Austen Sociedade do Brasil)
O resumo:
A proposta deste trabalho é apresentar um relato de experiência a respeito do uso de fóruns para a discussão de literatura. Inicialmente serão realizadas algumas considerações a respeito do uso de fóruns como ferramenta pedagógica e suas vantagens para tutores e participantes. Será apresentado um projeto de discussão de literatura da JASBRA (Jane Austen Sociedade do Brasil) que tem como objetivo analisar e discutir os livros da autora inglesa Jane Austen e propiciar aprendizagem colaborativa em rede. Trata-se de um projeto iniciado pela autora deste trabalho com um grupo de pessoas interessadas em discutir a obra de Jane Austen, caracterizado por ser um ambiente informal de aprendizagem, onde qualquer pessoa interessada pode participar desde estudantes de Letras, donas de casa, executivos e profissionais de outras áreas. Do ponto de vista pedagógico, os fóruns de discussão podem ser utilizados como elementos de organização do estudo de determinado tema ou texto, como espaços de socialização e fortalecimento de relações sociais, entre outros. Finalmente, serão apresentadas as conclusões até o momento e possíveis sugestões para profissionais da educação.

Algumas imagens do evento:

 

Manuscritos de Jane Austen na Internet

Queridos leitores, quero lhes pedir desculpas por ficar tanto tempo sem postar notícias aqui no blog. Explico: estive no Rio de Janeiro, de 27 a 29 de maio, para o Seminário Lingnet da UFRJ e praticamente fiquei sem conexão com a internet. O seminário foi muito produto e promete contar maiores detalhes em um outro post, ok?
A dica de hoje é um sobre um post que a Biblioteca Florestan Fernandes da Ciências Humanas da USP publicou:
Quem pesquisa literatura inglesa ou mesmo a presença de mulheres na literatura pode agora contar com uma fonte interessante: o site Jane Austen Fiction’s Manuscripts, que oferece acesso gratuito aos escritos originais desta proeminente autora inglesa.
Pelo site, é possível a consulta aos manuscritos no formato de fac-símile puro (como um arquivo de imagem), no formato texto, que apresenta a imagem do original mais uma transcrição do que está escrito na página em destaque, e também a nota explicativa sobre o arquivo visualizado.

Quero aproveitar a oportunidade e agradecer ao blog da USP por divulgar o link da JASBRA por lá.