Live 66 – Elas por Elas – escritoras inglesas sob a perspectiva de pesquisadoras brasileiras

Na próxima segunda-feira 08 de março às 19:00, em comemoração ao dia Internacional das Mulheres, vamos ter uma live com Rosângela Neres, Deborah Simionato e Adriana Sales para discutirmos sobre as contribuições das escritoras inglesas para a literatura: Woolf, Gaskell, irmãs Brontë e Austen! Sejam todos bem-vindos! A live será aqui no @janeaustenbrasil Rosangela NeresDeborah Mondadori SimionatoAdriana Sales#janeaustenbrasil @escritorasinglesasbrasil @gaskell_brasil @brontebrasil #janeaustenlives#janeaustensocietyofbrazil#janeaustensociedadedobrasil#jasbra

Dois super lançamentos em português!

Luciana Darce, já se antecipou e publicou lá na página da JASBRA no Facebook, porém, como nem todos os leitores deste blog participam do nosso grupo por lá, resolvi publicar a notícia por aqui também. 
A livraria Cultura está lançando dois livros:

JUVENILIA 

é um livro duplo com escritos de Jane Austen e Charlotte Bronte, possui 472 páginas, tradução de Julia Romeu. Não há menção de quais livros da Juvenília fazem parte deste volume. Há apenas uma sinopse no site e está em pré-venda. Clique aqui para ter acesso ao livro. Publicação da Cia das Letras/Penguin. 

À primeira vista, Jane Austen e Charlotte Brontë parecem radicalmente opostas. Austen representa a elegância e a proporção neoclássica, parodiando excessos literários e criticando as fraquezas humanas. Brontë, por sua vez, imprime em sua escrita toda a paixão e a extravagância do espírito romântico, não raro com forte influência da fantasia. Numa época em que a literatura popular era considerada perigosa para a mente das jovens, a erudição precoce, a originalidade e a liberdade de espírito aproximam essas duas autoras. Ambas tinham como personagens centrais mulheres, sendo responsáveis pelos retratos mais marcantes de lealdade e dedicação feminina da literatura inglesa. E ambas constroem as suas heroínas como produtos do condicionamento feminino da época, cujas expectativas sociais eram muito restritas. Austen e Brontë tiveram uma produção bastante fértil na juventude, reunida neste livro, a qual parece encontrar uma espécie de equilíbrio no conflito entre a moral individual e social, criando heroínas complexas que se destacam por sua coragem e independência.
Trata-se de uma biografia de Jane Austen, com 224 páginas, escrita por Catherine Reef. Publicação da Editora Nova Século, com tradução de Katia Hanna. Essa biografia é mais recente e não tenho ainda no meu acervo, mesmo em inglês, portanto, eu não tenho como fazer qualquer comentário sobre a publicação. Entretanto, há que se lembrar que a autora deste livro é responsável por outras biografias e possui bastante livros publicados na área. Também vai para o meu carrinho de compras! Clique aqui para ter acesso ao livro.
Uma biografia contundente, perspicaz e divertida como uma legítima obra de Jane Austen, a vida revelada da escritora mais importante do século XIX. Embora seja uma das escritoras mais amadas de todos os tempos, Jane Austen ainda é uma figura de grande mistério. Seria ela a gentil e doce tia Jane? Ou uma moça de língua afiada, ardilosa, como sugere sua escrita? Como passava seus dias? E, se ela nunca alcançou o mesmo final feliz de suas personagens, teria ao menos encontrado o amor verdadeiro? Ambientando sua narrativa no contexto da aristocracia inglesa do século XIX, Catherine Reef extrai informações de cartas escritas por Austen para conceber um relato íntimo da vida e dos sentimentos da escritora. A narrativa inclui detalhes dos seis fascinantes romances publicados pela escritora.

Fotos do Encontro Regional da JASBRA-PE

Hoje é o dia de publicar as fotos – atrasadas – do Encontro Regional da JASBRA-PE e Clube do Livro da Livraria Saraiva. O livro escolhido para este encontro foi ‘O morro dos ventos uivantes’. 

 Da esquerda para a direita: Luciana, Carolina, Andressa, Viviane, Flávio e Michel
Brindes sorteados:

 Sorteio:

Luciana Darce, nos informa que o encontro foi pequeno, mas bem interessante; “O Morro dos Ventos Uivantes” é um livro um pouco polêmico, de forma que tivemos um debate rico em opiniões.


Os pernambucanos já podem se preparar para o próximo encontro do clube vai ser no dia 15 de junho, e o livro da vez será “As Aventuras de Sherlock Holmes”.

O banner e o release do encontro de Sherlock:



As Aventuras de Sherlock Holmes reúne doze contos publicados entre 1891 e 1892 na Strand Magazine – e são alguns dos casos mais peculiares da carreira do detetive, que passa do mistério acerca da Liga dos Cabeças Vermelhas (‘se você é ruivo, venha trabalhar conosco, copiando a enciclopédia e ganhando um bom salário!’) até um famoso diamante no papo de um ganso. Traga sua lupa e seu cachimbo e venha debater conosco as aventuras do mais famoso detetive de todos os tempos!

Promoções de Livros

A Livraria Fnac está com uma ótima promoção de livros importados por apenas R$ 12,90!
Há dois títulos de Austen, alguns das irmãs Bronte, Shakespeare e muitos da Marian Keyes.
Razão e Sensibilidade  e Orgulho e Preconceito da Editora Harper. Vejam como são lindas as capas. Há algum tempo eu já havia publicado sobre a capa de Orgulho e Preconceito aqui no blog, porém, o livro só era vendido no exterior.

Confira a lista aqui.

Jane Eyre em 2011

Para quem não conhece, Jane Eyre (1847) é uma obra da escritora inglesa Charlotte Bronte – irmã de Emily Bronte, autora do livro Wuthering Heights (O morro dos ventos uivantes). Quem não leu ainda o livro, já é uma dica de leitura para essas férias, pois o livro é realmente muito bom! Embora muitas fãs de Jane Austen não gostem de Charlotte por ela “criticar” as personagens de Austen, a maioria – se não todas – devem reconhecer que Jane Eyre é um livro incrível!

“Charlotte Brontë é uma das grandes opositoras da obra de Jane Austen, por considerar que as personagens austeanas se conformavam com o papel da mulher submissa dos primeiros anos do século 19. Nesse ponto, as personagens elaboradas por Charlotte são diametralmente opostas às criadas por Jane Austen.” (extraído do site da Editora Landmark)

A obra já rendeu várias adaptações para a tv, cinema e até teatro. No blog da Adriana Zardini, o Miscelânea, você pode encontrar as adaptações e mais informações! Clique aqui – Lá você pode encontrar também uma Edição de Luxo – de 1978 – que a Adriana encontrou na biblioteca da escola que ela lecionava! aqui
Abaixo algumas adaptaçõe que houveram. A de 1996 dirigida por Franco Zeffirelli, e a versão mais recente feita pela BBC(2006).

Jane Eyre 1996

Jane Eyre 2006 – BBC

Agora nos chega a noticia: Estréia em março de 2011 o novo filme baseado na obra!

Jane Eyre 2011

Com a direção de Cary Fukunaga e grandes nomes no elenco como Mia Wasikowska (Jane Eyre), Michael Fassbender (Edward Rochester) e Judi Dench (Mrs. Fairfax), a nova adaptação promete agradar os fãs e admiradores da obra. 

Mia Wasikowska (Alice in Wonderland)
Michael Fassbender (Inglourious Basterds)

Para quem não reconheceu, Mia Wasikowska foi a Alice do filme Alice in Wonderland (Alice no país das maravilhas) – filme dirigido por Tim Burton – que estreou este ano!  Já Michael Fassbender atuou como o tenente Archie Hicox no filme Inglourious Basterds (Bastardos Inglórios), filme que – por opinião pessoal – é ótimo!

Quem quiser, pode acessar o link aqui e conferir o trailer do filme!

Agora, nós brasileiros, só devemos esperar que ele chegue aqui também!