Emma Thompson escritora

Acaba de chegar aqui no Brasil um livro escrito por Emma Thompson (Elinor Dashwood – Razão e Sensibilidade 1995): Nanny McPhee e as lições Mágicas (O livro do filme). Para quem não sabe, Emma escreveu um livro sobre o filme Razão e Sensibilidade (1995): Razão e Sensibilidade – roteiro e diário.
Informações sobre o livro (Editora Salamandra):
NANNY MCPHEE E AS LIÇÕES MÁGICAS Nanny McPhee não é como outras babás. E não é só por causa das verrugas. “Ouvi dizer que você tem se comportado mal …” Isabel Green estava prestes a viver feliz para sempre quando a guerra estourou. Seu amado Rory é convocado para o exército, os primos mimados de seus filhos vêm para a sua casa e parece que ela vai perder o Vale Profundo, sua fazenda. Além disso, os porquinhos escaparam e as crianças estão totalmente fora de controle. Com inteligência, carinho e algumas verrugas, Emma Thompson, escritora e protagonista de Nanny McPhee e as Lições Mágicas, reconta a história de um verão na fazenda da família Green, com pitadas de tragédia, chantagens e bombas. Um livro diferente, que mistura a história do filme com o diário de bordo das gravações, trazendo uma nova perspectiva para essa aventura encantadora e única.

288 páginas
ISBN: 9788516064389
Preço sugerido: R$ 29,90



Emma Thompson não é inglesa

Eu encontrei este vídeo no youtube, mas é um pouco antigo. Trata-se de um trecho do Programma Ellen Degeneres de 1998 onde Emma Thompson revela um segredo sobre sua ascendência britânica. Para os desavisados: trata-se de uma brincadeira, uma piada!
Para quem não conseguiu entender as piadas aqui vai um breve resumo (de acordo com o que dá para se entender no vídeo sem legendas em inglês, já que legendar de ouvido é uma tarefa que exige perícia e um bom ouvido):
Emma: A verdade é que eu enganei o público um pouco a respeito do meu passado.
Ellen: Então… você fez um vídeo pornô?
Emma: Não… não é só isso. A verdade é que eu… não sou tecnicamente britânica. De fato, eu nasci no Ohio (Estado americano). Diga algo por favor!
Ellen: Não sei o que dizer…
Emma: Pelo jeito que você está me olhando… eu sei que está me achando nojenta!
Ellen: Não… Eu juro…
Emma: Eu sabia… eu sabia…
Ellen: Você não é nem metade inglesa?
Emma: Eu aprendi o sotaque assistindo aos filmes de Julie Andrews, ok?
Eu sei que a única maneira de se ter um pouco de classe é fingindo ser inglesa, entende? Além disso… eu não estaria em lugar nenhum se eu falasse que sou de Ohio. Eu poderia enfrentar o público dizendo que sou gay (Obs. a Ellen é gay) , porque o público de hollywood pode lidar com isto, mas …. não é chique ser gay.
Ellen: É verdade, talvez você esteja certa. Talvez a sociedade não esteja preparada para isto.
Emma: E é você quem me diz isso mana!
Vamos anunciar isso logo! Vamos!
Ellen: Ok
Emma: Não tenha pena de mim!
Ellen: Eu sempre achei que havia algo estranho em Laurence Olivier (ator inglês – fez o Mr. Darcy em Orgulho e Preconceito de 1940)!
Emma: No Bill, Anabella! (provavelmente se referindo ao fato dele não ser homem (obviamente uma brincadeira).
Correção após sugestão de Maria: Mobile, Alabama (Ou seja, o Laurence também fingiria um sotaque britânico, sendo na verdade da cidade de Mobile, do estado americano de Alabama.)

Razão e Sensibilidade – Outro item de colecionador

Ontem eu fiz um post aqui no blog sobre o lançamento de uma edição de colecionador de Razão e Sensibilidade aqui no Brasil. Encontrei um lançamento em inglês muito bonito! E detalhe: a embalagem não é rosa!

É um kit com DVD do filme de 1995 e o livro, custa 13,48 dólares no site da Barnes and Noble. A embalagem parece que é em digipack, similar a embalagem de Orgulho e Preconceito (1995) que é vendida aqui no Brasil. O diferencial está no preço e o livro que vem de brinde!
Estranhamente também não escolheram o Coronel Brandon (Alan Rickman) para a imagem da capa! Ai meu Deus, mais uma injustiça com o nosso querido Coronel!

Razão e Sensibilidade (1995) – Edição de Colecionador

Atualizando: o DVD será lançado no dia 15 de dezembro no site da Saraiva e já está com pré-venda.
Depois de algum tempo esgotado no mercado, o dvd será relançado numa edição de colecionador por R$ 19,90. Veja os detalhes:

A história de duas irmãs que depois da morte do pai, empobrecem e perdem chances de se casar. Passam a morar no campo, levando uma vida humilde e neste contexto encontram o verdadeiro amor. Um filme vencedor do Globo de Ouro de Melhor Filme em 1995 e que teve 07 indicações para o Oscar de 1995, levando os prêmios de Melhor Roteiro e Melhor Atriz.
Extras:
– Comentários em Áudio de Emma Thompson e da Produtora Lindsay Doran
– Comentários em Áudio do Diretor e do Co-Produtor
– Discurso de Agradecimento de Emma Thompson na Premiação do Globo de Ouro
– Notas de Produção
– Cenas Inéditas
Alguns itens que são novidade:
Entrevistas : SIM

Making Off : SIM

*****
Perguntas que não querem calar:
1) O box do DVD tinha que ser tão Barbie assim? 🙂
2) O que querem dizer com: “Perca o seu coração e venha a seus sentidos“? (observe a capa)

Razão e Sensibilidade e os Muppet

Eu encontrei no muppet.wikia.com uma notícia engraçada! Uma versão dos Muppets para Razão e Sensibilidade com o título de “Scents and Sensivity” – que pode ser traduzido como “Perfume e Delicadeza” – assinada por uma tal de Jane Austere. Esta versão é uma paródia de Orgulho e Preconceito 1995, e consta no calendário de 1998 das paródias realizadas pelos bonecos Muppet. O poster abaixo traz um subtítulo: “Love Stinks” – O amor fede! 🙂

Veja abaixo o poster do filme de 1995 com: Emma Thompson, Alan Rickman, Hugh Grant e Kate Winslet. E compare: o papel de Kate Winslet (Marianne Dashwood) foi substituido por Spamela Hamderson, a Miss Piggy substitui Emma Thompson (Elinor Dashwood) e Kermit faz o papel de Hugh Grant (Edward Ferrars).


Infelizmente eu não consegui encontrar na internet nada sobre o vídeo dos Muppet, não há uma descrição se este episódio faz parte de um DVD especial sobre as paródias ou se faz parte de alguma temporada.

Uma outra notícia interessante é que os Muppet realizaram outras paródias como:
– The Greenish Patient, paródia de ‘O Paciente Inglês’.
– Our Wedding or Your Funeral, paródia de ‘Quatro casamentos e um funeral’.