Sentimento ou Sensibilidade – parte 1

O tradutor Ivo Barroso defende o título Razão e Sentimento para sua tradução de Sense and Sensibility:

Traduzi dois livros de Jane Austen: Emma e Sense and Sensibility, e neste último, que aliás foi o meu primeiro, tive um pequeno problema de tradução… com o título. Ele exprime uma perfeita dicotomia com o agravante de encerrar uma aliteração. A hipótese imediata para os preguiçosos seria Senso e Sensibilidade, preservando assim o paragramatismo. Mas “senso” em português não é o mesmo que “sense” em inglês, e a alternativa bom senso deita por terra a aliteração. Por outro lado, “sensibility” não tinha para Jane Austen o sentido moderno de sensibilidade, equivalente a suscetibilidade, refinamento dos sentidos. Ela o emprega mais na acepção de sensível, de pessoa desprendida, que demonstra bons sentimentos. Eu me havia decidido por “sentimento” para o “sensibility”, mas faltava resolver o “sense”. De repente, afastei a obrigatoriedade da aliteração ao me lembrar que Pride and Prejudice também obedecia ao esquema(dicotomia+aliteração), e fora traduzido brilhantemente em português por Orgulho e Preconceito, mantendo a dicotomia mas ignorando a aliteração, tudo em proveito daquela forte oposição vocabular. Foi assim que cheguei ao Razão e Sentimento. Mas, e você, como faria? 

Fonte: Gaveta do Ivo 

Veja aqui mais posts sobre o tradutor.

Como percebemos na fala do Ivo Barroso, a escolha por Razão e Sentimento foi uma opção pessoal do tradutor. Não trato aqui de uma discussão a respeito do melhor título para a obra, apenas tento colocar a opinião de duas pessoas pois muitos estão acostumados com a título Razão e Sensibilidade por causa do filme de 1995.

Aguardem amanhã a parte 2. 

Anúncios

4 thoughts on “Sentimento ou Sensibilidade – parte 1

  1. Anônimo 03/07/2012 / 7:34 PM

    Eu colocaria sentimento também!Concordo plenamente com o posicionamento do Ivo Barroso. E a capa do livro está linda também!!!

    – Fabiana Swingler

    Gostar

  2. Larissa França 03/07/2012 / 11:25 PM

    Ivo Barroso é um ilustríssimo estudioso. Tudo o que ele fala deve se levar bem a sério. Depois de conhecer as razões dele, optei por utilizar Sentimento e acho que fica bem melhor. Ademais, analisando as traduções para outras língua percebi que Sentimento predomina sobre Sensibilidade.
    Acho que tal termo se adequa melhor e merece maior difusão.

    Gostar

  3. Raphaella 04/07/2012 / 11:26 AM

    Sim, “bom senso” é ainda mais próximo no sentido que “razão”, mas aí a oposição é perdida. E “sensibilidade”, o usado pela maioria, não tem o mesmo significado que o do título original.
    Enfim, concordo com ele: mesmo que a aliteração seja perdida, é o que faz mais sentido.
    Quando li “Sense and Sensibility”, fiquei pensando nessa questão de que critérios eram usados na escolha do título traduzido. Gostei de conhecer a opinião de Ivo Barroso.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s