Persuasão (1817)

Resumo: Último romance completo escrito por Jane Austen, “Persuasão” foi publicado postumamente em 1818, e adaptado várias vezes para o cinema e televisão.O enredo gira em torno dos encontros e desencontros entre Anne Elliot e Frederick Wentworth, que, apesar de apaixonados, são separados pelos infortúnios de sua juventude e opiniões contrárias de pessoas próximas, voltando a se reencontrar oito anos depois. Wentworth, agora rico e bem estabelecido, está determinado a se casar, porém traz em seu coração as marcas de uma dor profunda e não cicatrizada pelo tempo. Anne, livre das amarras de uma visão outrora limitada por preconceitos alheios, percebe o erro que cometeu ao seguir os conselhos de sua amiga Lady Russell, e que suas chances de felicidade podem estar perdidas para sempre.A trama é simples, porém bem elaborada: toda sagacidade e humor irônico da autora estão presentes na obra. Reviralvoltas, revelações de caráter, enganos e erros, nos são apresentados de forma refinada, de forma a nos retratar, página por página, um quadro fiel e extremamente detalhado da sociedade britânica da época.”Persuasão” destaca-se em dois pontos:- A heroína não se apresenta em plena juventude, o que mostra o amadurecimento da própria autora e seu amplo conhecimento sobre a complexidade do comportamento humano;- Através do personagem do Capitão Frederick Wentworth notamos a valorização do homem de iniciativa, que através de seus próprios méritos, e não através da herança, consegue influência e status social.Logicamente, sempre haverão de existir comparações com sua obra-prima “Orgulho e Preconceito”, mas alguns o listam em segundo lugar na ordem de preferência entre os escritos da autora.
O que quero aqui salientar, não como crítica pois acredito que a mesma acaba por destruir as obras privando-as de seu objetivo maior que é o entretenimento, é como Jane permanece atual, com uma narrativa que nos atinge como um “sopro de ar fresco”, tornando mais leve a nossa alma, nos entregando algo que merece ser delicadamente saboreado.
Trecho do Livro:”Já não consigo mais permanecer em silêncio. Tenho de lhe falar pelos meios ao meu alcance. Anne trespassa-me a alma. Sinto-me entre a agonia e a esperança. Não me diga que é muito tarde, que sentimentos tão preciosos morreram para sempre. Declaro-me novamente a si com um coração que é ainda mais seu do que quando o despedaçou há oito anos e meio. Não diga que o homem esquece mais depressa que a mulher, que o amor dele morre mais cedo. Eu não amei ninguém se não a si. Posso ter sido injusto. Posso ter sido fraco e rancoroso. Mas nunca inconstante.Vim a Bath unicamente por sua causa. Os meus pensamentos e planos são todos para si. Não reparou nisso? Não se apercebeu dos meus desejos? Se eu tivesse conseguido ler os seus sentimentos, como creio que deve ter decifrado os meus, não teria esperado estes dez dias. Mal consigo escrever. A todo momento ouço algo que me emociona. Anne baixa a voz, mas eu consigo ouvir os tons dessa voz, mesmo quando os outros não conseguem. Criatura muito boa, muito pura! Faz-nos, de fato, justiça, ao acreditar que os homens são capazes de um verdadeiro afeto e uma verdadeira constância. Creia que esta é fervorosa e firme em F. W. (Frederick Wentworth).Tenho de ir, inseguro quanto ao meu futuro; mas voltarei, ou seguirei o seu grupo, logo que possível. Uma palavra, um olhar será o suficiente para decidir se irei a casa do seu pai esta noite, ou nunca.”

****
ATENÇÃO


Esta obra de Jane Austen é de domínio público e encontra-se disponível para download:

Versão em áudio: Opção 01 e Opção 02
Anúncios

3 thoughts on “Persuasão (1817)

  1. Anônimo 23/11/2008 / 1:16 AM

    Estou estudando Jane Austen na faculdade e pretend oescrever minha monografia relacionada a alguma obra dela. Se souberes de livros de referência que possa usar, agradeço a dica, tanto em Português quanto Inglêsmarthinha_d@yahoo.com

    Gostar

  2. Aleska 26/02/2011 / 1:30 PM

    Suspiros rss adorei ess artigo, mas não tem em portugues para download? um abraço.

    Gostar

  3. Adriana Zardini 27/02/2011 / 9:28 AM

    Aleska,
    infelizmente os livros em português ainda estão sob a lei de direitos autorais, portanto, ainda não são de domínio público.

    Você poderá adquirir as versões em português. Será lançada uma edição deste livro pela Editora LPM. Existem outras no mercado.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s