Quartas – Minha história com Jane Austen: Tatiane Gandra

Hoje é dia da Coluna das quartas-feiras: Minha história com Jane Austen! 

Com vocês a história da Tatiane Gandra! 

Sou Tatiane Gandra, bibliotecária, tenho 27 anos e moro em Belo Horizonte. Tenho três grandes paixões na minha vida: Flamengo, Jorge Vercillo e Jane Austen. E é com muito orgulho que contarei de modo breve a minha história com essa escritora maravilhosa.

O meu primeiro contato com Jane Austen foi através do filme Orgulho e Preconceito (2005). Lembro que via o DVD à venda em algumas lojas e o título sempre me despertava curiosidade. Um belo dia, um amigo me emprestou esse filme (acho que em 2007) e eu me apaixonei pela história imediatamente. Como acontece com muitas outras Janeites, fiquei desesperada em busca de mais informações sobre a autora e esse foi o início da minha história com Jane Austen; um amor que cresce mais a cada dia.
 A partir daquele momento eu comprei e li todos os livros dela, assim como diversas adaptações de suas obras para TV e cinema. Desde o início, sempre permanece em mim esse sentimento de querer mais…eu queria mil livros de Jane Austen, não apenas seis. Mas estes seis são primorosos e me encantam além da medida…eles me ensinam coisas novas a cada releitura. Meu livro preferido é (e sempre será) Orgulho e Preconceito e eu já perdi a conta de quantas vezes li; e a cada vez percebo algo novo (isso é uma das muitas coisas que eu amo em Jane Austen e seus livros). Mas tenho que confessar que me apaixono cada vez mais por Persuasão.
A coleção lindíssima de Tatiane
 É um pouco difícil dizer o que Jane Austen representa pra mim ou os motivos de tanta admiração porque envolve muitas coisas, mas acho que posso resumir. Considero Jane Austen uma escritora brilhante porque ela consegue mostrar em seus livros as teias das relações sociais de sua época (e é algo que podemos transportar para a atualidade, o que é fantástico!!!), o cotidiano (que para alguns é considerado banal) de forma extraordinária, apaixonante. O foco dos livros não é simplesmente o amor, o romance entre o casal de protagonistas, vai além…Jane Austen é uma estudiosa do caráter humano e o modo como ela nos dá uma aula sobre isso em seus livros é incrível.
Um parte do acervo de Tatiane
 Amo Jane Austen e muitos de seus personagens (“seus filhos” – Lizzy, Darcy, Tilney, Anne, Wentworth, Elinor, etc.) da mesma forma que amo pessoas que convivem comigo aqui e agora porque todos eles são atemporais e para mim significam muito mais do que apenas personagens de livros ou uma escritora que viveu há mais de 200 anos atrás. Dentre inúmeras citações da Jane e passagens de seus livros, existe uma que simboliza muito bem o tamanho da minha adoração.
 “…I have no notion of loving people by halves; it is not my nature” (Jane Austen – Northanger Abbey)
 Esta citação, pra mim, é exatamente sobre isso…as poucas pessoas e “coisas” que eu amo, amo por completo. E dentre elas estão Jane Austen, Lizzy, Darcy e cia. 
Para ler as outras publicações desta coluna, clique aqui.

Se desejar enviar sua história para nós, envie um email contando sua história e algumas fotos para ilustrar o post: adriana@jasbra.com.br 

6 thoughts on “Quartas – Minha história com Jane Austen: Tatiane Gandra

  1. Natallie 17/04/2013 / 2:36 PM

    Que legal. Sua história é semelhante a minha, Tatiane (com a diferença que eu conhecia a autora antes do filme de 2005, porque já tinha lido só de curiosidade R&S), até nossa profissão e idade são as mesmas rsrsrsrs Adorei seu acervo, uma inspiração, qualquer dia chego lá 😛

    Gostar

  2. Flavia Oliveira 17/04/2013 / 6:06 PM

    Que linda história Tatiane,foi um prazer conhecê-la e compartilhar a mesma paixão.Agora,mesmo sem outros livros da mesma,não deixamos de ter assuntos de suas obras não é mesmo?

    Gostar

  3. Renata Céli 17/04/2013 / 6:08 PM

    Adorei a história!! Também considero Jane Austen e seus personagens como amigos, afinal, eles nos dão conselhos, exemplos e estão presentes em nossas vidas!!

    Gostar

  4. Cintia Austen 18/04/2013 / 6:14 AM

    Muito legal essa partilha! Tatiane, também acho interessantíssimo que as teias sociais descritas por Jane sejam tao similares às que a gente vive 200 anos depois! está aí um aspecto do valor da obra dessa autora. E como vc, eu tb sempre desejei mais de 6 livros dela… sempre pensei o que mais ela teria produzido se tivesse vivido mais…

    Gostar

  5. Anônimo 27/04/2013 / 8:17 PM

    Também sou bibliotecária e apaixonada pelos livros de Jane Austen!

    Gostar

  6. Biazinha 30/09/2013 / 4:30 PM

    Oi Tatiene,bem legal seu depoimento… eu acabei de ler um livro sobre uma bibliotecária… deve ser bem legal trabalhar com isso… Mais uma janeite que me mata com sua coleção de livros e canecas…

    Lindas demais…

    elas ficam tão lindas na estante!!!

    Parabéns!!!

    bjsss

    Gostar

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s