Ausência

Prezados leitores, muitos de vocês já devem ter percebido o quanto eu ando sumida do blog, porém, um pouco mais disponível na página da JASBRA no Facebook, não é mesmo?

images (1)

Na verdade, desde o ano passado eu tenho escrito poucos posts para o blog e concentrando em divulgar as notícias no Facebook mesmo por uma simples questão de tempo. O melhor, falta de tempo. Para aqueles que me conhecem mais intimamente sabem que estou cursando o 2o ano de doutorado na UFMG e também me mudei para o interior porque fui aprovada em um concurso para professor federal.

Sendo assim, a vida anda bastante corrida e não posso mais me dedicar à Jasbra como antigamente. Mas, por favor, não pensem que estou abandonando o barco… muito pelo contrário! Eu estou cheia de idéias e gostaria muito de colocá-las em prática. Por favor, tenham paciência!

Aos poucos volto à rotina do blog e da página no Facebook! Obrigada pela compreensão!

Adriana Sales

Anúncios

4 thoughts on “Ausência

  1. Dandara Machado 01/05/2015 / 10:02 PM

    Adriana,

    Você ainda tem disponível a bolsa dos 200 anos de orgulho e preconceito na lojinha da jasbra?
    Obrigada,
    Dandara

    Gostar

    • Adriana Sales 26/06/2015 / 3:59 AM

      INfelizmente não tenho Dandara.

      Gostar

  2. GIulia 05/05/2015 / 2:24 PM

    Bom dia,
    Sou uma estudante da Universidade italiana de Bolonha. Eu estou trabalhando em minha tese, cujo assunto principal é a tradução italiana do livro chinês “Bi Nu”, de Su Tong. O mesmo livro foi traduzido (do inglês) da tradutora brasileira Fernanda Abreu com o titulo de “A mulher que chora” e publicado por vocês (editora Companhia das letras). Dado que eu não só estudo chinês, mas também português, numa parte da minha tese vou também fazer uma comparação entre algumas das estratégias de tradução adotadas por mim e aquelas adotadas pela tradutora brasileira Fernanda Abreu.
    Eu vi que vocês fez uma entrevista para a Fernanda Abreu neste blog e por isso gostaria de perguntar se vocês poderia me dizer uma maneira de entrar em contato com a tradutora para a qual eu gostaria de fazer algumas perguntas. Na verdade, infelizmente, eu não consegui encontrar em nenhum lugar o seu contacto de e-mail. Há alguém que pode ajudar-me em contata-la?
    Agradeço antecipadamente pela vossa resposta.

    Saudações

    Gostar

    • Adriana Sales 26/06/2015 / 3:59 AM

      Eu não tenho contato com a Fernanda Abreu. Você já tentou verificar se há um site ou currículo dela online?

      Gostar

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s