Bright Star – Brilho de uma Paixão

A edição 45 da Revista Jane Austen’s Regency World trouxe um artigo escrito por Victoria Walker sobre o filme Bright Star (2009) baseado na vida do poeta inglês John Keats e sua amada Fanny Brawne. Como o filme estréia aqui no Brasil neste final de semana, resolvi falar um pouco mais sobre o filme que assisti quando estive na Europa em janeiro deste ano. Eu gostei muito do filme, principalmente porque mostra detalhes da vida de John Keats do qual conheço apenas os poemas. Apresento abaixo a avaliação do site Pipoca Moderna da UOL, escrito por Fabrício Ataíde. Segundo Fabrício, o filme está mais para um romance escrito por Jane Austen. É uma ótima opção para o final de semana!

Londres, 1818. Um jovem e ocioso poeta de origem humilde se envolve com uma jovem de classe média, mas o relacionamento entre ambos enfrenta dificuldades de adequação. Ele, pobre e sonhador. Ela, espirituosa e repleta de idéias e atitudes que a colocam à frente do seu tempo. Ele, escritor errante e ligeiramente amargo, em busca de fama e receoso quanto ao futuro. Ela, determinada e completamente convicta de seus ideais. Entre o casal, as convicções sociais e regras rígidas de comportamento, características daquela época bucólica. Orgulho, preconceito, razão, sensibilidade, persuasão…

Não fosse esta uma história baseada em fatos reais, seria fácil confundi-la como uma adaptação dos clássicos literários da escritora romântica Jane Austen. Os elementos que compõem a obra da escritora – diversas vezes adaptadas para o cinema e a TV – estão presentes em “Brilho De Uma Paixão”, belíssima produção de época dirigida por Jane Campion.
Inspirada ou não por sua xará, Jane Campion traz as telas uma história romântica incorrigível. Com base na biografia do poeta John Keats escrita por Andrew Motion, a cineasta criou um roteiro que prioriza a história de amor entre o jovem poeta e sua vizinha Fanny Brawne, tendo como pano de fundo a sua escalada no mundo literário em busca de reconhecimento (que só veio após sua morte).
Para dar maior requinte ao vitral que compôs, ela se esmerou na fotografia, direção de arte e figurinos. As formalidades, o pudor, a elegância e sutileza dos gestos mostram um retrato sofisticado de personagens que passeiam entre a arrogância e a simplicidade, sempre armados de frases rebuscadas.
O ator Ben Whishaw interperta John Keats e a atriz australiana Abby Cornish interpreta Fanny Brawne. Para continuar a leitura da crítica escrita por Fabrício Ataide, leia aqui.
O poema Bright Star (John Keats)
Bright star, would I were steadfast as thou art –
Not in lone splendour hung aloft the night
And watching, with eternal lids apart,
Like Nature’s patient, sleepless Eremite,
The moving waters at their priestlike task
Of pure ablution round earth’s human shores,
Or gazing on the new soft-fallen mask
Of snow upon the mountains and the moors –
No – yet still stedfast, still unchangeable,
Pillow’d upon my fair love’s ripening breast,
To feel for ever its soft fall and swell,
Awake for ever in a sweet unrest,
Still, still to hear her tender-taken breath,
And so live ever – or else swoon to death.
Trailer com legendas em português:
Anúncios

8 thoughts on “Bright Star – Brilho de uma Paixão

  1. Priscila 27/06/2010 / 4:34 PM

    Adri,

    Este é o filme que deu o trailer quando fomos ver 'O golpista do ano',né? Estava pensando nesse filme hoje mesmo e ia te perguntar o nome! rs
    Vou ter que ver esse filme,parece ser muuito bom!

    bjs!

    Pri

    Gostar

  2. AnaRodarte 05/07/2010 / 8:19 PM

    Ahh,eu fiquei de olho neste filme deste que vi o anúncio dele para o Oscar de melhor figurino este ano! Mas não encontro nenhu mlugar onde ele está passando por aqui em BH! Pelo que li,não é só mais um romance cheio de clichês, mas um romnce rico como a obra de John Keats!

    Gostar

  3. Adriana Zardini 05/07/2010 / 8:24 PM

    Ana, acho que não deve entrar no circuito de cinemas de Beagá, se você quiser eu tenho o DVD.

    Gostar

  4. luciennemachado12 30/09/2013 / 6:59 PM

    Amo esse filme de paixão! Linda a filmagem da vida do poeta John Keats!
    Você fazendo mais uma boa indicação,dessa vez de filme! 🙂

    Gostar

  5. Adriana Zardini 30/09/2013 / 7:06 PM

    Eu tb gostei muito! Foi a partir do filme que conheci melhor a obra de Keats! Agora sou uma apaixonada por ele!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s