As várias faces de Emma

Apresento neste post um vídeo da minha amiga Valéria, do Shoujo Café, com cenas da série Emma (2009 e 1972) e os filmes (1996 e 1997). Valéria avisa que o vídeo parece travar no início, mas é só aguardar alguns momentos para que inicie normalmente. O vídeo traz a mesma cena para que vocês comparem as atuações.
Valéria ainda dá uma dica de um artigo do Jornal The Independent comentando sobre a crise das minisséries de época na BBC.
Anúncios

6 thoughts on “As várias faces de Emma

  1. Karlinha 11/11/2009 / 11:37 AM

    Minha ex-Teacher Val, arrebenta né Adri?
    Esses dias encontrei ela, aqui em Brasília.
    Nos abraçamos e matamos a saudades.
    eu amei o vídeo!!!!!!!!!!!!

    Gostar

  2. Lord Daniel 11/11/2009 / 3:41 PM

    Comentei há pouco aqui na Câmara dos Lordes que o “No, indeed” ainda não foi executado com a devida perfeição britânica. Jeremy Northam parece ser o melhor, mas também é um pouco afetado. À semelhança de Valéria, meus pares comentaram, entre votações, que a retirada da expressão na última série foi mesmo pouco interessante.

    Gostar

  3. Adriana Zardini 11/11/2009 / 3:42 PM

    Karlinha, Valéria é 10!!

    Lord Daniel, quanta coisa pra fazer e você discutindo série da BBC? 🙂

    Gostar

  4. Lord Daniel 11/11/2009 / 6:26 PM

    Como você sabe, Adriana, a Câmara dos Comuns é bem mais poderosa que a nossa no Reino Unido. Acabamos tendo bastante tempo para discutir assuntos diversos em meio à reduzida ordem do dia…

    Gostar

  5. Jaini Manoela 13/11/2009 / 10:49 AM

    “Emma”, embora não seja meu Austen preferido, tem um significado muito especial para mim, pois foi meu primeiro contato com Miss Jane – isso há uns 8 anos.
    Embora Jane dissesse que Emma era uma heroína “which no one but myself would like”, eu não me antipatizo com a “handsome, clever, and rich” mistress of Hartfield House.
    Até porque o mérito não é criar personagens “perfeitos”, mas ser perfeita na criação de personagens.
    De qualquer modo, minha interpretação de Mr Knightley preferida também é a do Jeremy Northam – sei que me apaixonei pelo Mr K. quando li o livro (e ele é, até hoje, um dos meus homens austenianos preferidos) e me apaixonei pelo Jeremy Northam como Mr K. quando assisti o filme (o primeiro “Emma” que assisti foi o de 1996 mesmo).

    PS: até hoje me assusto com a aparência do Ewan McGregor nesse filme.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s