Aniversário de Orgulho e Preconceito

O livro mais famoso de Jane Austen faz 196 anos hoje! Em 28 de janeiro de 1813, Orgulho e Preconceito foi publicado pela primeira vez, sendo que os manuscritos foram escritos entre 1796 e 1797 com o título de First Impressions.

O livro recebeu críticas favorais logo no início de 1813 pela British Critic e Critical Review. Já em 1819 Henry Crabb Robinson disse: “… é um dos mais excelentes trabalhos de nossas romancistas” e Sir Walter Scott, descreveu o livro como “… um romance muito bem escrito de Jane Austen… Essa jovem moça teve o talento para descrever os sentimentos e personagens de uma vida comum, o que para mim foi o mais interessante que já encontrei”. Entretanto, Charlotte Brontë escreveu uma nota crítica para George Henry Lewes, onde a escritora (contemporânea de Austen) disse que o livro era uma decepção.

Primeira edição de Pride and Prejudice (1813)

Atualmente, o livro tem recebido críticas bastante positivas e novos leitores a cada dia. Em 2003, a BBC realizou uma pesquisa chamada “UK’s Best-Loved Book” (O livro mais amado do Reino Unido) onde Orgulho e Preconceito ficou em segundo lugar, atrás de Senhor dos Anéis. E em 2008 em uma pesquisa com mais de 15 mil leitores australianos, Orgulho e Preconceito ficou em primeiro lugar na lista dos 101 melhores livros já escritos.

Fonte: Wikipedia

As edições abaixo estão sendo vendidas no Jane Austen Centre pela bagatela de 425 a 625 Libras, pois trata-se de edições publicadas no final do século XIX.


No Brasil, você pode comprar edições em inglês do século XIX, inclusive com as ilustrações de Hugh Tomson com preços entre 10,90 a 27,90 reais. No entanto, é preciso fazer uma reserva dos livros, pois devido à crise econômica muitas livrarias estão preferindo importar os livros somente por reserva.

Anúncios

17 thoughts on “Aniversário de Orgulho e Preconceito

  1. lucampelo2003 28/01/2009 / 7:13 PM

    Adri,Parabéns para O&P, o nosso livro tão amado!! 🙂 🙂Aff eu não sabia que a Charlotte Bronte tinha feito crítica negativa do livro, tô de mal dela por causa disso. 😛 hauahuahauahauAdoraria ter todos esses livros, são cada capas lindas!!bjão!!

    Gostar

  2. Adriana Zardini 28/01/2009 / 7:20 PM

    Lu, eu passo mal com esses livros! Mas os preços em libras não são nada convidativos não é mesmo?

    Gostar

  3. Luciana Viter 28/01/2009 / 7:29 PM

    Concordo com a descrição da vida de pessoas “comuns”, pessoas de verdade e não estereotipadas como em muitos romances da época. JA foi e continua sendo genial e a prova disso é a perenidade de sua obra!

    Gostar

  4. karlinha 28/01/2009 / 7:43 PM

    AHHH parabens para o nosso tão amdo livro e me desculpe charlotte eu tambem fiquei de mal com ela! mais tudo bem ..cada um com seu estilo e com o que acha melhor não concordam???????? rsrsrsrsrsrs pois é. !!!!!!!!!!!dai-lhe orgulho e preconceito

    Gostar

  5. Renata 28/01/2009 / 7:45 PM

    Parabéns a O&P, que dentre todos os livros da Jane é o meu mais amado.O&P está sempre dentro da minha bolsa, é como se fosse um guia se sobrevivência.Já o li tantas vezes que já sei as passagens de cór e salteado.Parabéns pela matéria!!!Abraços 😀

    Gostar

  6. Dani 28/01/2009 / 7:56 PM

    Adri,Como sempre colocando ótimas informações por aqui!!!E viva O&P, um dos melhores livros de todos os tempos!!!Beijos

    Gostar

  7. Dani 28/01/2009 / 7:58 PM

    Adri,Como sempre postando ótimas informações!!!E viva O&P, um dos melhores livros de todos os tempos!!!BeijosDani

    Gostar

  8. Maria Claudia 28/01/2009 / 9:10 PM

    Quase 200 anos de nosso amado mr. Darcy!! Que beleza! Deveríamos comemorar no orkontro!!

    Gostar

  9. Adriana Zardini 28/01/2009 / 9:19 PM

    Karla, Dani e Maria Cláudia! bom ver vocês por aqui!! Eu creio que é uma ótima idéia comemorar os quase 200 anos de Darcy! Se levarmos em conta que ela escreveu os manuscritos entre 1796 e 1797, o Darcy já é Bicentenário!! 🙂

    Gostar

  10. Elaine 28/01/2009 / 10:00 PM

    Quase 200 anos e ainda atrai leitores. Impressionante, não?Só uma correção, Adriana: Charlotte Brontë não foi contemporânea a Jane Austen. Quando Charlotte escreveu essa crítica, Jane Austen já havia morrido há muito tempo (quando Charlotte tinha apenas um aninho, aliás). Ela tinha a maior encrenca com a forma que Jane Austen escrevia. Dizia que “Jane Austen sabia escrever sobre damas, mas não sobre mulheres” (não sei se é exatamente isso porque estou escrevendo de cabeça, mas em essência é isso aí).

    Gostar

  11. Leticia 29/01/2009 / 1:15 PM

    mto bom. daqui 4 anos temos que fazer uma festança!!!=]

    Gostar

  12. Adriana Zardini 30/01/2009 / 7:54 AM

    Elaine, quando eu disse que as duas eram contemporâneas estava me referindo às duas terem vivido na mesma época. Não nos mesmos anos.Por exemplo: me considero contemporânea de Carlos Drummond de Andrade apesar dele ter nascido em 1902. No entanto, apesar de ter falecido quando eu ainda era criança, suas obras influenciaram minha vida. Entende?

    Gostar

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s