MINICURSO – Jane Austen & Louisa May Alcott: Literatura, Cinema e Psicanálise

MINICURSO 

Jane Austen & Louisa May Alcott: 

Literatura, Cinema e Psicanálise

Profa. Dra. Natália Leite e Profa. Dra. Adriana Sales 

ERRATA: anteriormente foi publicado aulas às quintas de 20 às 21:30. Esta informação está correta. Porém, as datas das aulas é que saíram erradas. O correto é: 19 e 26 de maio, 2, 9 e 16 de junho. OBRIGADA pela compreensão!

O minicurso versará sobre algumas obras das escritoras Jane Austen (Orgulho e preconceito, Razão e Sensibilidade) e Louisa May Alcott (Mulherzinhas [Adoráveis Mulheres]), adaptadas para o cinema. Teorias Freudianas e Lacanianas serão o contraponto para a análise das obras para o cinema.

INSCRIÇÕES AQUI.

Curso on-line pela plataforma Google Meet, Turma virtual no Google Classroom.

O curso será gravado e ficará à disposição dos participantes.

Objetivos: 

  • Conhecer as vidas e obras de Jane Austen (Orgulho e Preconceito, Razão e Sensibiidade) e a Louisa May Alcott (Mulherzinhas). 
  • Analisar a transposição dessas obras para o cinema sob o viés literário e psicanalítico. 
  • Explorar as potencialidades da transposição do texto literário para as telas,  ensejando a reflexão e discussão de temáticas contemporâneas através das contribuições da psicanálise Freudo-lacaniana.

Conteúdo programático e cronograma

Os filmes que serão analisados estão disponíveis nas plataformas Netflix e Amazon Prime:

  • Orgulho e Preconceito (2005)
  • Razão e Sensibilidade (1995)
  • Adoráveis Mulheres (2017)

[ 1 ] 19/05/2022

  • Introdução ao curso
  • Seleção dos livros e das um suas adaptações para o cinema
  • O livro e a tela: experiência de leitor / espectador 
  • A teorias da psicanálise no curso – ferramentas e limitações

[ 2 ] 26/05/2022

  • Perspectiva histórica: Orgulho e Preconceito (1813 / 2005) – do livro para a tela
  • (Des)caracterização das personagens
  • (Des)Construção do amor romântico

[ 3 ] 02/06/2022

  • Perspectiva histórica de Razão e Sensibilidade (1811 / 1995) – do livro para a tela
  • Diários de roteiro da Emma Thompson
  • A (des)construção das personagens: dualidades

(Freud explica; Lacan desconstrói) 

[ 4 ] 09/06/2022

  • Perspectiva histórica de Mulherzinhas (1868 / 2017) – do livro para a tela
  • Ser mulher e o feminino: sexo e tabus
  • A emancipação (?) da mulher escritora no século 19 

[ 5 ] 16/06/2022

  • Mulheres ao longo do tempo: mulheres do século 19 e as da contemporaneidade
  • Literatura, cinema e psicanálise: letras, telas e divãs…

Metodologia: Encontros virtuais às quintas-feiras dos meses de maio e junho de 2022, das 20:00 às 21h30. 

Adriana Sales é Doutora em Estudos Linguísticos pela Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais. É professora e pesquisadora de inglês e suas literaturas no Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais. É especialista em Jane Austen pela Universidade de Oxford. É fundadora e presidente da Jane Austen Sociedade do Brasil (JASBRA),  desde 2008. 

E-mail: aszardini@gmail.com

Curriculo Lattes: http://lattes.cnpq.br/4402320597450647

Natália Leite é Doutora em Estudos Linguísticos pela Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais. É professora e pesquisadora  em Letras no Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais. Especialista em psicanálise pelo Instituto de Psicanálise Lacaniana (IPLA). 

E-mail: nataliacostaleite@gmail.com

Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/8771481342037591 

Referências

AZERÊDO, G. Para Celebrar Jane Austen – Diálogos entre Literatura e Cinema. Curitiba: Editora Appris, 2013. 

BARTUCCI, G. Psicanálise e estéticas de subjetivação. In: BARTUCCI, G. (org). Psicanálise, cinema e estéticas de subjetivação. Rio de Janeiro: Imago,  2000. 

BIRMAN, J. Estilo e modernidade em psicanálise. São Paulo: Ed. 34, 1997.  

BIRTWISTLE, S.; COKLIN, S. The Making of Pride and Prejudice. London: Penguin Books, 1995. 

BYRNE, P. The Genius of Jane Austen – Her Love of Theatre and Why She Works in Hollywood. London: Harper Perennial, 2017. 

CARTMELL, D. Screen Adaptations – Jane Austen’s Pride and Prejudice. London: Methuen Drama, 2010.

FREITAS, P. M. From Novel to Film: The Transportation of Some Character Roles in Emma Thompson’s Screenplay of Sense and Sensibility. Dissertação de Mestrado em Literaturas de Língua Inglesa. Faculdade de Letras, UFRGS, 2013. Disponível em: https://lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/72749/000884499.

pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 15 abr. 2022. 

FREUD, S. Edição Standard Brasileira das Obras Completas – ESB. Rio de janeiro, RJ: Imago, 1996. 

LAPLANCHE, J.; PONTALIS, J. Vocabulário de Psicanálise. São Paulo: Martins Fontes, 2008. 

KECK, M. Changing Iconologies in Twentiefh Century Filmes: Three Versions of Alcott’s Little Women. In: Providence University English Festival, Taiwan. Proceedings… Taiwan; Providence University, 2009.

KINOSHITA, P. Jane Austen – Versões Contemporâneas de Orgulho e Preconceito. Curitiba: Editora Appris, 2016. 

LE FAYE, D. Jane Austen – The World of Her Novels. New York: Frances Lincoln Limited, 2002.

NUGROHO, F. A.; NUGROHO, A. Feminism in the Movie of Little Women by Greta Gerwig. Journal of English Education, v. 6, n. 2, 2020. 

PARRIL, S. Jane Austen on Film and Television – A Critical Study on the Adaptations. Jefferson: McFarland & Company Publishers, 2002.

RIVERA, T. Cinema, imagem e psicanálise. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2008.

SAMPAIO, C. O cinema e a potência do imaginário. In: BARTUCCI, G. (org). Psicanálise, cinema e estéticas de subjetivação. Rio de Janeiro: Imago, 2000

THOMPSON, E. The Sense and Sensibility Screenplay & Diaries – Bringing Jane Austen’s Novel to Film. New York: Newmarket Press, 1995. 

TROOST, L.; GREENFIELD, S. (ed.). Jane Austen in Hollywood. Kentucky: The University Press of Kentuchy. 2nd Edition, 2001. 

WEINMANN, A. O. Sobre a análise fílmica psicanalítica. Revista Subjetividades, v.17, n.1, p. 1-11, 2017. 

WILTSHIRE, J.; MONAGHAN, D.; HUDELET, A. The Cinematic Jane Austen: Essays on the Filmic Sensibility of the Novels. Jefferson: McFarland & Company Publishers, 2009.

WILTSHIRE, J. Recreating Jane Austen. Cambridge: Cambridge University Press, 2001. 

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s