Conversas sobre Jane Austen em Bagdá‏

Segundo o blog Beco Cultural, a Editora Reler publicará o livro Talking about Jane Austen em Bagdhdad (Conversando sobre Jane Austen em Bagdá), escrito por Bee Rowlatt e May Witwit, ainda neste semestre.
De acordo com o site da Reler Editora:
May é uma iraquiana de origem suni-xiita que mora em Bagdá, se esquiva dos tiros antes do café da manhã, regateia sapatos de salto alto nos bazares bombardeados e foge dos bloqueios para encontrar suas alunas nas aulas sobre Jane Austen.
Ela também é uma falante compulsiva e fumante inveterada, além de conferencista em inglês.
Bee, entretanto, é uma londrina, mãe de três meninas, que luta contra a catapora dos filhos, foge dos encontros da Associação de Pais e Professores e faz acrobacias entre o trabalho e a família; isso quando não se vê discutindo com o marido que, se não está viajando, deixa suas meias espalhadas pela casa.
May e Bee não deveriam ter nada em comum, mas quando um simples email as une, elas descobrem uma amizade que supera todas as suas diferenças de cultura, religião e idade.
Conversando sobre Jane Austen em Bagdá é a história de duas mulheres que partilham risos e choros, e trocam confidências, sonhos e medos.
Entre as granadas explodindo, elas fofocam, brincam e contam segredos. E também traçam um plano engenhoso para ajudar May a escapar dos bombardeios, em Bagdá…
Anúncios

5 thoughts on “Conversas sobre Jane Austen em Bagdá‏

  1. Eveline 27/03/2011 / 6:15 PM

    Será que futuramente rola uma tradução brasileira????? Seria tão bom ter livros assim em Português =)

    Gostar

  2. Luciana 07/06/2011 / 9:49 AM

    Adri,

    peguei este livro para ler na livraria (só para conferir) e não conseguir mais parar!

    Só não comprei no momento pq estava sem o meu cartão e o preço é bem salgado viu? Só tem para vender na Livraria Cultura por R$ 38,40 (+cultura)

    Não esperem ler muito sobre a Jane Austen no livro, ela é apenas um dos assuntos, mas o principal é sobre a amizade entre uma inglesa e uma iraquiana e os horrores que ela relata sobre a guerra (no período recente em que os EUA e outros países invadiram o Iraque).

    O formato do livro mostra a troca de e-mails delas por anos e assim passamos a conhecer a intimidade delas, até como se nós fôssemos amigas também.

    Não terminei o livro (estava perto da metade) e não sossegarei enquanto não ler por inteiro. Aquela sensação de que o livro está na sua cabeça e você quer saber os acontecimentos (não só pelo final, pois já temos uma idéia, mas sobre a vida dessas duas mulheres bem interessantes e comuns).

    Enfim, não finalizei o livro, mas já indico e espero que mais livros assim sejam publicados e de preferência com um preço mais em conta.

    Pensei em esperar um tempo para ver se baixa o preço um pouco, mas me conheço e quero ler logo!

    Agora é esperar o próximo final de semana para ir à Livraria Cultura e comprar o bendito livro.

    Bjs

    Gostar

  3. luciennemachado12 30/09/2013 / 8:01 PM

    Que interessante,fiquei bem curiosa PARA LER ESSE LIVRO! e ainda mais com o comentário da Lu Campelo,confio! Vou querer ler,e que bom traduzido já para o português,aleluia!! haha
    Obrigada pela dica! 🙂

    Gostar

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s